Lula: “prisão será passageira. Sairei mais forte”
7 de abril de 2018
Ação de provocador cria dúvida sobre segurança de Lula
9 de abril de 2018

Arnaldo César (*)

Lula levado pelo braço de populares após discursar no sábado, antes de se apresentar à Polícia Federal. Foto de Francisco Proner Ramos/ Coletivo Farpa.

Há um jogo de cartas muito comum no Sul do País. Chama-se truco. Nele ganham os jogadores que souberem melhor enganar, blefar, mentir e iludir os incautos. O juiz Moro participou de muitos destes carteados, quando ainda era estudante de direito em Maringá (PR).

As ministras Cármen Lúcia e Rosa Weber do STF levam todo o jeitão de quem gosta de uma partidinha de truco. O mesmo deve acontecer com os juízes da corte recursal TRF-4 do Rio Grande do Sul. Blefam que é uma maravilha!

O ex-presidente Lula foi parar na cadeia, numa saleta da Polícia Federal de Curitiba, por conta de um truque. Sem apresentar nenhuma prova convincente, os vários graus da Justiça brasileira o acusaram de ter cometido crime de lavagem de dinheiro e comandar uma quadrilha por conta de um apartamento triplex no Guarujá, que nunca foi seu.

A sua antecessora Dilma Rousseff também foi arrancada do Planalto tendo como motivo as tais pedaladas fiscais que no máximo poderiam ser considerados um erro administrativo. Jamais poderiam ser tipificadas como um crime.

A verdade é que de artimanha em artimanha as chamadas “classes dominantes” (leia-se grandes corporações industriais, comerciais e de prestação de serviços, conglomerados financeiros, ruralistas a mídia convencional) estão chegando lá. Destituíram Dilma e encarceraram o Lula. Qual é o próximo passo?

Depois de flertar com Dória e Huck, à direita sobrou…

Não se admirem se daqui a algumas semanas, a mídia golpista começar a tratar, com mais vagar, a ideia de se suspender as eleições presidenciais marcadas para o próximo mês de outubro. As bíblias da direita no Brasil, a revista “Veja” e o “O Estado de S. Paulo” volta e meia mencionam em suas páginas a possibilidade do pleito vir a ser adiado.

Ocorre que no jogo de truco a partida só acaba quando uma das duplas atinge os 11 pontos. Até agora, as elites econômicas – ou o “onipresente mercado” – só conseguiram ganhar as rodadas iniciais, mas não o jogo por inteiro.

Falta a estes golpistas o número necessário de votos para abocanharem o poder pelo voto popular. Dificilmente, conseguirão. Por isso, já se preparam para melar o carteado.

Senão vejamos: o animador de auditórios, Luciano Huck, queridinho de Jorge Paulo Lemann – o homem mais rico do Brasil – bateu em retirada. Saiu antes que suas maracutaias começassem a vir à tona.

O mesmo aconteceu com o misto de apresentador de TV e lobista João Doria. Bastou que um dos caciques do PSDB, Alberto Goldman, o mandasse calar a bocar para ir cantar de galo em outra freguesia. Agora, quer ser candidato a governador de São Paulo.

… apenas Alckmin, que agora teve um assessor direto, Paulo Preto, preso. (Foto reprodução)

O nome das classes dominantes atende por: Geraldo Alckmin, até há cinco dias governador de São Paulo. Além do fato de terem trancafiado, na semana passada, Paulo Preto, um dos agenciadores de propina do PSDB, Alckmin anda mal nas pesquisas de opinião.

Flutua entre 5 e 7%, de acordo com o último levantamento feito pelo DataFolha, em 31 de janeiro passado. Seus patrocinadores apostam que fora do governo e se dedicando intensamente à campanha poderá reverter o quadro e se tornar um candidato viável. Se isso não acontecer, porém, não terão qualquer pudor em golpear a Nação novamente, suspendendo às eleições.

Lula, mesmo enjaulado nas dependências da PF de Curitiba continua – e seguirá sendo – o grande protagonista destas eleições (se elas, realmente, acontecerem). No caso específico da pesquisa do DataFolha citada no parágrafo acima, o líder petista vinha avançando três pontos percentuais a cada rodada da enquete. Na última, já estava em 37%.

Agora que conseguiram transformá-lo em mártir, pode ser que os percentuais venham a surpreender seus algozes. Ultrapassando, a casa dos 50%.  Se, realmente, o impedirem de concorrer (sobre isso ainda há um longo caminho a ser percorridos nos tribunais) Lula poderá transferir até 70% dos seus votos para aquele que ele escolher para concorrer em seu nome.

Na história recente da política brasileira, só o ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (na época PSB e atualmente no PRP-RJ) conseguiu o feito de transferir 68% dos seus votos para sua mulher Dona Rosinha, na disputa do governo do Rio, em 2002.

Por enquanto, o único que ainda faz alguma frente ao ex-presidente é o ex-capitão do Exército, o deputado federal líder de extrema direita, Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Ele alcançou 22% no mesmo DataFolha.

Mesmo assessorado pelo banqueiro neoliberal, Paulo Guedes, o ababelado Bolsonaro não dispõe da confiança daqueles que imaginam que dão as cartas no Brasil. Seu discurso é de ódio contra tudo e contra todos. Não soma. Serve, unicamente, para embevecer um segmento do eleitorado igualmente de mal com o mundo.

Meirelles (MDB-SP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), outros dois pretensos presidenciáveis, não decolam nem a custa de toneladas e toneladas de notas de R$ 100. São muito ruins de palanques. Têm seus respectivos rabos presos com o Ministério Público Federal e não apresentaram, até hoje, nenhuma ideia que pudesse encantar as camadas mais pobres da população. Justamente, aqueles que respondem por mais de 60% dos votos dos brasileiros.

Havia ainda, remotamente, a possibilidade de o impostor Temer tentar a reeleição. Coitado! Uma saraivada de denúncia e a prisão de alguns de seus amigos do peito foi o suficiente para que ele enfiasse a viola no saco e se recolhesse em silêncio obsequioso, no interior do Palácio do Planalto. Aí dele se fizer algazarra! Cassam-lhe o mandato que tomou na mão grande de Dilma.

Marina Silva (Rede-SP) com o seu ar angelical de freira das florestas, continua carecendo de um partido com capilaridade nacional, capaz de lhe garantir votos além dos 8% apontados pelas pesquisas de opinião.

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) que se diz candidato das esquerdas com 6% só teria alguma chance de chegar ao segundo turno do pleito, na hipótese de Lula lhe estender a mão. Por conta própria, o seu discurso tipo metralhadora giratória dificilmente permitirá chegue a 15% dos votos.

As partidas de truco costumam ser barulhentas e espalhafatosas. Ás vezes os “atletas do baralho” se empolgam tanto com o teatro que estão representando que acabam saindo no braço. Ou, apelando para a letalidade de uma peixeira ou de um revólver.

De certa forma, o jornalista Luís Nassif, no seu blog GGN, já deu um alerta nessa direção (Leia em: O dono do Bahamas é a melhor tradução desses tempos de homens de bem). Há imbecis em São Paulo ventilando a hipótese de virar a mesa, atentando contra a vida de Lula no cárcere.

(*) Arnaldo César é jornalista e colaborador deste blog.

 

Aos leitores: A sobrevivência deste Blog, que busca sempre assuntos diferentes e exclusivos, depende da ajuda de leitores e admiradores. Compartilhem os textos para um maior número de pessoas. Contamos ainda com contribuições financeiras para a nossa manutenção. Podem ser em quaisquer valores e em qualquer periodicidade, através de depósitos em conta corrente cujos dados se encontram no quadro ao lado. Agradecemos aos que já contribuem e às novas contribuições.

4 Comentários

  1. enganado disse:

    Um BRASIL neste estado de coisas: TRAÍDO PELOS MILITARES = APÁTRIDAS / VILIPENDIADO / AÇOITADO / SEM CONSTITUIÇÃO / ENTREGUE NAS MÃOS DOS ANGLO_SIONISTAS / TODAS AS RIQUEZAS ENTREGUES AO FINANCISTAS INTERNACIONAIS / O POVÃO INJUSTIÇADO / SEM ÁREA DE SAÚDE / SEM ESCOLAS / SEM SANEAMENTO BÁSICO / DESMORALIZADO / . . . etc. Acho que a DIREITA devia perder a vergonha e nomear um meganha-verde-oliva para ditatoriar o País. Qual é vergonha nesta altura das coisas? Quem manda mesmo são os ANGLO_SIONISTAS, pois estes só querem o caldo da laranja, quando formos o bagaço iremos ser jogados no lixo, alias, sempre foi assim em todos os lugares que esta gente sempre esteve presente. Liberdade nunca tivemos mesmo, só a tivemos como encenação para inglês ver, então não há mais o que fazer. Guardem o meu aviso: “”A DIREITA tem uma linha vermelha, e se o POVÃO ousar em ultrapassá-la , as mortes virão como em 1964. Quem já passou 20 anos de chumbo, aguenta mais 40 anos no mínimo. Bye bye braZil

  2. C.Poivre disse:

    O PT foi ingênuo, pela enésima vez, ao entregar Lula à sanha da milícia da Gestapo:

    https://caviaresquerda.blogspot.com.br/2018/04/lula-vivo-no-exilio-seria-muito-mais.html#comment-form

  3. C.Poivre disse:

    Os links dos áudios ameaçadores a Lula durante o vôo para Curitiba estão no blog de Fernando Moraes:

    https://nocaute.blog.br/2018/04/08/operador-sugere-jogar-lula-janela-abaixo-em-voo-da-fab/

  4. C.Poivre disse:

    Simplesmente escandaloso o áudio do vôo que conduziu Lula a Curitiba, revelado pelo JB:

    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2018/04/08/vaza-audio-de-voo-de-lula-manda-este-lixo-janela-abaixo-ai/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *