Luiz Mandetta tem medo de peitar Paulo Guedes?
21 de março de 2020
MP 927: “Joga fora no Lixo”!
23 de março de 2020

Marcelo Auler

Antecipando-se às loucuras que os radicais do desgoverno de Jair Bolsonaro queiram fazer para endurecer o regime, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, refuta em parecer qualquer possibilidade de Estado de Sítio.

A hipótese do endurecimento do regime foi levantada na sexta-feira em alguns sites noticiosos ligados à direita.

Seria uma tentativa de o governo reagir diante da transparente incapacidade do presidente em coordenar as medidas necessárias para combater a pandemia que se espalha pelo mundo.

Ultrapassado pelos fatos, ele reclama das medidas que governadores de estado vêm adotando. Endurecer o regime seria a tentativa de ele assumir um controle que lhe foi tomado na prática.

O parecer, também assinado por Marcus Vinicius Furtado Coêlho, da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais, é claro:

“À luz dos princípios norteadores do nosso sistema constitucional de crises e das regras sobre estado de sítio previstas na Constituição, o recurso a tal medida extrema no contexto atual se mostra flagrantemente inconstitucional e descabido.”

Para a OAB, “não há um cenário de impossibilidade de atuação do Estado dentro das regras democráticas que autorize a suspensão da própria Constituição”.

O documento adverte que os atuais sentimentos de pânico e temor junto à população que a ameaça da pandemia vem produzindo, não podem ser “explorados para autorizar medidas repressivas e abusivas que fragilizem direitos e garantias constitucionais”. E aponta o que parece óbvio e necessário:

“A resposta esperada do Estado não deve ser a ampliação de seu arsenal repressivo, mas sim a expansão de sua capacidade de assistência e de proteção social dos cidadãos, principalmente os mais vulneráveis”.

Parecer da OAB afasta possibilidade de Estado de Sítio 

 

 

Aos leitores e seguidores do Blog – A manutenção e o sustento deste Blog, que se dispõe a reportagens maiores e exclusivas, dependem das contribuições de seus leitores/seguidores. Com essas contribuições é que enfrentamos despesas com processos que nos movem, bem como nossos investimentos em viagens na busca por informações exclusivas para nossos leitores. Nosso trabalho depende dessas contribuições, em qualquer valor, em qualquer periodicidade. Para apoiar o Blog e nosso trabalho, utilize a conta bancária exposta no quadro ao lado.

O Blog aderiu ao Jornalistas Pela DemocraciaEntenda o que é e como funciona.

1 Comentário

  1. Muito feliz a matéria sobre o parecer da OAB nacional, acerca de mais essa tentativa insana do governo federal. Só a simples ameaça, partindo de um insano, já é motivo para alerta geral. Agiu bem e rapidamente a OAB. Parabéns Marcelo pela matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *