Nelma Kodama, beneficiada por Moro, posa de modelo para Veja

N segunda reportagem da série que o blog e o Diário do Centro do Mundo estão fazendo, mostramos as incoerências entre o discurso de Michel temer e a realidade da sua interferência no Porto de Santos. Reprodução.
Temer e o porto de Santos: defendendo o indefensável.
19 de julho de 2016
Aldezon Alves, o "Amigo da Madrugada" vítima da mesquinharia dos subalternos de Temer. Reprodução
A volta do “Amigo da madrugada”: EBC renovará contrato com Adelzon Alves
22 de julho de 2016

Nelma Kodama, beneficiada por Moro, posa de modelo para Veja

nelma Kodama na Veja -1

Marcelo Auler

No Instagram de Ulisses Campbell, a foto de Jefferson Coppola, depois de outra foto ter sido rejeitada no Face book

No Instagram a foto de Nelma Kodama, depois de outra foto ter sido rejeitada no Face book

Pelas informações do jornal O Estado de S.Paulo de domingo (17/07), graças às delações premiadas, quinze dos condenados pela Operação Lava Jato já reduziram suas penas em 326 anos Isso corresponde a 28% dos 1.149 anos de prisão sentenciados pelo juiz Sérgio Moro.

Sorte maior, porém, teve a doleira Nelma Kodama. Com uma primeira condenação de 15 anos e investigada em mais 15 inquéritos ainda em andamento, mesmo sem ter delatado ninguém nas investigações da Lava Jato, teve a prisão domiciliar antecipada em três meses por Moro. Foi uma decisão atípica, em um despacho cujo teor está sendo mantido em segredo, como ele determinou:

“Por ora mantenho o sigilo sobre estes autos em relação a terceiros”.

Com isso, desde o final de junho ela está em casa, em São Paulo. Aproveitando-se da tornozeleira eletrônica de uso obrigatório, estreou como modelo em um ensaio fotográfico para a revista Veja.

É verdade que a foto que a revista publicou na edição desta semana (16 a 22 de julho) é até bem comportada entre outras da série clicada; as da revista, são do fotógrafo Jefferson Coppola. As demais, publicadas no Istragram, foram do repórter Ulisses Campbell, segundo uma explicação do próprio Coppola, que reproduzo abaixo

mensagem no Instagran falando da foto rejeitada no face book

mensagem no Instagran falando da foto rejeitada no face book

Como admitiu o repórter no Instagram, houve fotos “mais ousadas”. Teriam sido, inclusive, rejeitadas pelo Face book.

Aguarda-se os próximos capítulos desta “novela”. Quem sabe ela não surgirá em revistas masculinas só de tornozeleira, única peça que não pode despir se não quiser voltar ao xadrez?

Nota encaminhada por Jefferson Coppola:

Oi Marcelo,
bom dia!

Sobre as fotos publicadas em sua matéria “Nelma Kodama, doleira da Lava Jato, beneficiada por Moro, posa de modelo para Veja”, de 20 de julho de 2016, quero dizer que eu não sou o autor das fotos vinculadas na funpage do repórter Ullisses Campbell, como é citado nas legendas das imagens.
Apenas a foto publicada na edição impressa de Veja (ediçã 2487) é de minha autoria.
Por favor, peço que retifique essa informação em seu blog.
Aguardo seu contato.
Atenciosamente,
Jefferson Coppola

Para antecipar o benefício da doleira, Moro, que já admitiu que a presa tem a “personalidade voltada para o crime”, substituiu a prisão preventiva que ele havia decretado em domiciliar. Com isso, descobre-se que Nelma, mesmo já estando condenada em segundo grau – o TRF-4 ao analisar seu recurso, reduziu-lhe a pena para uma condenação de 15 anos – continua presa preventivamente, e não pelo cumprimento da sentença.Agora, em prisão domiciliar.

Na edição da revista, a fotode Jefferson Coppola que  foi publicada é mais comportada. (Reprodução)

Na edição da revista, a foto publicada é uma em que Nelma aparece mais comportada, feita por Jefferson Coppola (Reprodução)

A doleira foi a primeira a ser detida na Operação Lava Jato, na noite de sábado, 15 de março de 2014. Não havia sequer mandado de prisão contra ela. No aeroporto internacional de Guarulhos, onde ela embarcaria para Milão (Itália) o delegado Mauricio Moscardi Grillo e o agente Ronaldo Massuia, repassaram a seus colegas de plantão uma “história cobertura”, para justificar a prisão sem falarem das investigações da Lava Jato: ela estaria transportando dinheiro ilegalmente. Usaram o argumento de denúncia anônima, para explicar a informação que pode ter sido captada pelas escutas telefônicas que vinham sendo feitas.

Encarregado do plantão na delegacia do aeroporto naquela noite, o delegado federal Cássio Luiz Nogueira comandou pessoalmente a busca nos pertences da passageira e nada encontrou. A solução foi mandar chamar a única agente federal, Eliane (hoje delegada da Polícia Civil no Paraná) que estava no mesmo plantão, mas em outro ponto do aeroporto. Foi ela que ao fazer uma revista íntima, no banheiro feminino, encontrou o paco de dinheiro muito bem embalado – “parecia  embalagem à vácuo”, comenta um dos presentes – com 200 mil Euros, alojado na calcinha. O que ela nega.

Só assim pode ser feito o flagrante e ela ser mantida presa. Mas criou-se um outro problema. As três celas existentes no aeroporto estavam ocupadas por traficantes homens,. Nelma passou a noite sentada em um banco, com um dos braços algemado a um cano, até ser transportada na manhã seguinte para a Superintendência do DPF em São Paulo, no bairro da Lapa.

Com medo de que a notícia da prisão dela vazasse e atrapalhasse a execução dos demais mandados contra doleiros, inclusive Alberto Youssef, previstos para serem cumpridos na segunda-feira, 17 de março, houve até uma tentativa de convencê-la a adiar a viagem. Ocorreu dias antes, através de um telefonema de um agente da polícia federal, sem que ele se identificasse como tal, para uma pessoa próxima à doleira.  A empreitada, porém, não teve êxito.

Decisão editada2

Na decisão, mantida em segredo, Moro confessa que a situação de Nelma é complicada. Mesmo ela ainda sendo investigada em outros inquéritos – 15, segundo a revista Veja – ele antecipou em três meses a progressão da pena. Mas, como declarou, a prisão da doleira era preventiva e passou a domiciliar. Reprodução editada da decisão de Moro

Duas delações – Pelo que se sabe, o único prejuízo que essa antecipação pode ter causado, foi nas buscas e apreensões realizada na casa dela, em São Paulo. Ao chegar lá, na segunda-feira, a polícia deparou-se com sinais de que haviam estado ali e remexido gavetas, como narra o jornalista Vladimir Neto no livro “Lava Jato” (Editora Primeira Pessoa), lançado recentemente.
A situação de Nelma na Operação Lava Jato é, no mínimo, atípica.

Muito embora a Polícia Federal tenha espalhado que ela foi para a prisão domiciliar por conta da delação premiada, isto, de fato, não ocorreu. O próprio juiz Moro, em sua decisão, negou tal fato. Ele mesmo admitiu que a “situação processual da condenada é complicada”. E explicou na decisão mantida em segredo, como se constata na reprodução ao lado:

A situação processual da condenada é complicada, pois foi feito um acordo de colaboração entre ela e a autoridade policial cuja validade é disputada pelo MPF.

Na pendência da resolução desta questão, surgiu outro complicador, a possível revelação, no acordo, de crime envolvendo pessoa com foro por prerrogativa de função”.

Pelo que se pode interpretar, a doleira fez uma “delação” na polícia e outra no MPF, onde entregou uma “pessoa com foro por prerrogativa de função”, cujo nome é mantido em sigilo.

Tem algum político? - Nelma foi condenada meses depois a 18 anos de prisão por Moro, pela lavagem de R$ 221 milhões. Em dois anos, ela teria enviado para o exterior U$S 5,2 milhões por meio de 91 operações de câmbio irregulares. A sentença foi revista pelo TRF-4. Depois de sentenciada, ela anunciou, em maio de 2015, que faria delação. Mas, já era tarde. Segundo sua própria versão, o interesse em delação premiada foi específico.

Esta foto Veja não publicou, mas circulou na rede. Foto Jefferson Coppola - reprodução

Esta foto Veja não publicou, mas circulou na rede. Reprodução

Como noticiamos em Quem com ferro fere… Força Tarefa da Lava Jato pode tornar-se alvo de delação premiada, a própria doleira, em carta endereçada ao desembargador Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, relator dos recursos nas ações da Lava Jato, explicou os motivos de não ter feito a  delação logo ao ser presa. Ao chegar à custódia da Polícia Federal de Curitiba, ouviu do delegado Marcio Adriano Anselmo e do procurador Deltan Dallagnol um recado bastante claro e direto, como escreveu de próprio punho:

“Quando cheguei à Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, fui ouvida pelo delegado Márcio Anselmo, os procuradores Deltan Dallagnol e Orlando Martelo, os quais me perguntaram: A senhora tem algum político, ou negócio com tráfico de Drogas? Algum fato novo? Porque se a Sra. só tiver operaçõezinhas com chinesinhos não é do nosso interesse(sic)

Conhecendo o inferno – Depois, ela foi procurada pela delegada Andréa, de Brasília, para que falasse do doleiro Fayed Traboulsi. Foi no dia em que o ministro Teori  Zavascki determinou a liberação dos presos da Lava Jato, mas o juiz Sérgio Moro questionou a medida, Aguardava-se uma nova decisão de Zavascki. Nelma, então, propôs esperar a manifestação do ministro, no que a delegada não concordou. Na carta, a doleira descreveu o que lhe aconteceu:

“No dia 11 de junho de 2014, descem à sala da carceragem dois agentes federais, a Dra. Andréa e ela disse rudemente que eu seria transferida para o ‘Complexo Penitenciário, para o sistema’, que lá eu teria tempo de sobra para pensar na resposta do Ministro. Deram-me cinco minutos para pegar meus remédios, uma roupa e me algemaram nas mãos e nos pés e me transferiram para o Presídio Feminino de Piraquara”.

carta nelma EDITADAEla continuou:

Excelentíssimo desembargador,
eu conheci o inferno, em meio
a 450 detentas, fui ameaçada (abri inquérito) e nas minhas condições de saúde emagreci 15 quilos e fiquei emocionalmente abalada” (sic).

Da penitenciária ela foi retirada em março de 2015, quando então prestou depoimento ao delegado Mario Renato Fanton, endossando a tese de que seu ex-advogado, Marden Maués, junto com o advogado paulista Augusto de Arruda Botelho Neto, o delegado federal Paulo Renato Herrera e o ex-agente da polícia Federal, Rodrigo Gnazzo, estariam preparando um dossiê contra a Operação Lava Jato.

Neste período, acabou protagonizando um desentendimento entre Fanton e a delegada Daniele Gossenheimer Rodrigues, chefe do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) e esposa de Igor. Tudo por conta de a presa ter reconhecido, entre as fotografias que lhes foram apresentadas, o Agente Fabio do NIP ligado a Daniele, como um dos presentes quando ela foi ouvida pelo delegado Moscardi em uma sindicância. De certa forma isto poderia significar o envolvimento do agente com o então seu advogado, Maués. Fanton manteve nos autos este reconhecimento, feito em cima de fotos mostrada à presa pelo delegado Igor. Daniele não queria que esta peça foi anexada ao inquérito. Achava inadmissível o agente Fabio ter sido reconhecido pela doleira. Tudo girava em torno do suposto dossiê contra a Lava Jato que estaria sendo preparado.

Contribuição de Nelma – A versão da existência desse dossiê, montado por um grupo “dissidente” surgiu da lavra do delegado Igor Romário de Paulo, Coordenado Regional da Delegacia de Repressão a Organizações Criminosas (DRCOR). Coincidentemente, a história do dossiê aparece após O Estado de S. Paulo, em novembro de 2014, divulgar postagens de delegados da Lava Jato no Face book apoiando o candidato tucano Aécio Neves e criticando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua candidata Dilma Rousseff. Pelo que os delegados da Lava Jato levantaram, até com a estranha colaboração de jornalista, as postagens teriam chegado à imprensa após passarem pelas mãos de Herrera e  Botelho Neto. Entre as postagens uma era de Igor.

As informações que Igor disse ter recebido de “fontes humanas” foram endossadas pela doleira Nelma. Ela então passou a ser peça fundamental nesta história. Após esse depoimento,com sua amiga e fiel companheira Iara, foi mantida na custódia da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, mesmo depois de confirmada a condenação em segunda instância. Mas, como se viu acima no despacho de Moro, ainda cumpria prisão preventiva.

Na época, quem tomou conhecimento dos três depoimentos de Nelma ficou com a nítida impressão de que ela, após a condenação a 18 anos – seu recurso não havia sido julgado – , estava desesperada para reverter a pena. Para tal, seria capaz de falar o que fosse conveniente.

as muitas faces de NelmaA questão é que não havia mais como reduzir esta condenação,. Afinal, ela não aceitou a delação premiada sobre a Lava Jato. Foi quando a Polícia Federal, para justificar sua permanência na custódia, obteve outro tipo de delação, ainda mantido em segredo, pois não homologada oficialmente. Pelo que saiu publicado na imprensa, ela confessou que fazia operações de câmbio para comerciantes da 25 de Março, principal centro de comércio informal de São Paulo. Seriam os “chinesinhos” dos quais Marcio Anselmo e Deltan não queriam saber?

Corrupção imaterial – O fato é que após o seu depoimento confirmando a existência do dossiê que jamais foi encontrado, Nelma não mais retornou à penitenciária, Continuou dividindo a cela da custódia da SR/DPF/PR com a amiga inseparável Iara. Com o retorno de Fanton para Bauru, sua delegacia de origem, o inquérito 737 que apurava a suposta existência do dossiê passou a ser presidido pela delegada Tânia Fogaça, da Corregedoria em Brasília. Ela não encontrou dossiê, tampouco descobriu qualquer pagamento aos “dissidentes”. Nos diversos depoimentos que tomou de advogados que militam na Justiça Federal, nenhum confirmou a existência do documento.

Ainda assim, o delegado Herrera foi indiciado por “corrupção passiva” e os demais por contribuírem para o crime ser efetivado. Foi a chamada corrupção imaterial, cujo ganho seria a queda da chefia da superintendência. Até hoje este inquérito não se encerrou, mas Nelma, que ajudou a deslanchá-lo, já se beneficiou com a prisão domiciliar, voltando para seu apartamento de 500 metros quadrados que, embora confiscado pela Justiça, ela continua a usufruí-lo.

Como disse à Veja, terá que recomeçar a vida. Alega estar sem dinheiro e devendo, inclusive ao advogado Maués. Talvez, mais do que nunca, possa repetir o que um dia escreveu em um e-mail:

Sou um ser humano e não só a tia de aço. Como todos e muitos carrego defeitos e emoções às vezes a flor da pele… (…)  Eu ainda tenho e carrego uma cicatriz muito exposta do meu passado … Primeiro obviamente como mulher … e obviamente a mais exposta … e dolorida. Segundo como pessoa jurídica … Pois ao longo desses anos e diante dessa profissão a qual muito me orgulho e confesso com tesão … Sou doleira sim e com muito orgulho …. KKK  É, talvez eu seja mesmo a última dama do mercado tão respeitado e, hoje, infelizmente, tão avacalhado“.

O recomeço, quem sabe, tenha acontecido, com ela posando de modelo.

Apoio:

Advocacia Eny Moreira

45 Comentários

  1. Iara disse:

    Marcelo,
    Depois de meses em silêncio,resolvi fazer um comentário a respeito de sua matéria.
    Respeito o seu trabalho e acredito na seriedade das suas reportagens,a única coisa que não entendi foi a minha foto no seu blog,apenas para gerar comentários homofóbicos e de mal gosto.
    Meu relacionamento com Nelma sempre foi de respeito e amizade independente das circunstâncias.
    A questão do que está Certo ou Errado , a humanidade inventou leis e mais leis .
    A vida é um eterno aprendizado com o objetivo de conhecer a VERDADE .
    Nesta busca se praticam os erros,a princípio são entendíeis,cabendo a quem já ultrapassou essa faixa procurar orientar a todos para que o erro não volte a ser cometido em detrimento da verdade .
    Quando se fala em Certo / Errado não tem como deixar de lado a palavra Direito e acompanhada da palavra Direito vem a expressão liberdade individual que todos têm .
    Não há como falar de Certo / Errado sem compreender o termo Justiça ,pois fazer justiça significa ter uma noção dos direitos alheios,entender as fragilidades dos outros, o que se entende por Justiça e Direito de todos.
    Sem dúvida,as pessoas do planeta terra ainda estão muito marcadas pelos sintomas do reino animal que age por impulso e ignorância .
    O falar mais alto para intimidar ou a imposição de um corpo físico avantajado é a exigência do Direito e do Certo e com essa decisão o errado toma sua posição de vanguarda e o certo se retrai por conta da ignorância de quem não conhece seus limites e procura tirar vantagem de algo que caracteriza a sua Verdade ou o seu certo em detrimento do verdadeiro sentido do termo.
    Enfim cada um traz a verdade para si,da forma que quiser interpretar .
    Certo ou Errado !!!

  2. douglas disse:

    Imagino o paladino da moralidade longe dos holofotes. Deve estar doidão.

    Longe dos repórteres, diárias ($$$$$$$$), inquéritos dublês e suas maldades.

    Retornando ao sobreaviso, ipls sem repercussão e ostracismo.

  3. douglas disse:

    gostei muito do seu artigo estou sempre acompanhando

  4. mario disse:

    Muito bom o texto e os comentários. Parece que a LJ vai se afundando na lama.
    Agora a Nelma Kodama…carreira de modelo…não dá!!
    Lembra até aquela piada do cara que foi avisado que a mulher estava traindo com o compadre, se escondeu e ficou esperando. O compadre chegou e a mulher foi tirando a roupa, revelando a feiura e aí o corno disse: – que vergonha do cumpadi Varte!!

  5. Bruno Fernandes de Souza disse:

    Dr. Mauat se o senho estiver nos ouvindo, faça um vídeo por favor sobre a investigações antiterrorismo.
    O Brasil é um átomo jurídico ainda neste assunto.
    Uma dúvida: No caso da hashtag, a investigação não seria mais eficiente se fossem usados cães farejadores e estória cobertura atrás dos mulçumanos infiltrados do EI na 25 de março em SP e na feirinha do Paraguai em Brasília? Eu sou leigo, é só um palpite. Nos esclareça por favor!
    Grato!

    • Francisco de Assis Pereira disse:

      Doutor Mauat,

      Conte-nos se o senhor já falou com extraterrestres pelo facetime?
      É possível atingirmos o nirvana da anti-corrupção e sermos felizes por meio de ajuda extraterrestre?

    • Doctor Ewok Strange disse:

      Nobre, preclaro, zeloso, estripitoso e estrondoso admirador.
      Nesse momento em que leio suas dúvidas, confesso.
      Estoi pilchado tchê!!!
      Soi índio veio da pradaria.
      Ando sempre com o ferro quente na boca, e com o lombo a doer.

      Então, essas dúvidas suas, pra mim, sendo quem sou, gáucho dos pampas, toro bravo, essas dúvidas são ridículas.
      Ninguém na PF sabe mais de terrorismo do que eu. Eu sou o terror! O próprio!
      Eu sou a lava jato, o mbl, eu sou o dg, eu sou a mosca na sopa, e eu tenho cavanhaque.

      Quando o ISISI souber que neste braziu varonil tem gaúcho, e gaúcho a dar pra pau (opa), eles saem correndo não só do brasil, mas das amerikas, do nosso amado isteitis, e quem sabe, mudam até das arábias.

      Baaaaah tchê, o que que você perguntou mesmo?

      • Aranha marrom disse:

        Imagino o paladino da moralidade longe dos holofotes. Deve estar doidão.

        Longe dos repórteres, diárias ($$$$$$$$), inquéritos dublês e suas maldades.

        Retornando ao sobreaviso, ipls sem repercussão e ostracismo.

        Quem aposta em quanto tempo ele terá brigado com todo mundo nos pampas? Ninguém quer gente assim por perto. Ninguém!

  6. Guilherme de Pádua disse:

    Eu gostaria de ver um vídeo ou um texto explicativo sério e bem fundamentado do Dr. Mauat sobre essa operação hashtag.
    Qual a opinião do nobre doutor sobre o combate aos atos preparatórios e a cogitação aos atos de terrorismo?
    Nós temos um embrião ou um espermatozóide terrorista, se é que podemos dizer assim, no Brasil?
    A entrevista do MJ foi correta ou precipitada?
    Os jogos estão iminentes e me parece que existem pessoas sem a profundidade técnica do Dr. Mauat no assunto.
    Dr. Mauat, se estiver nos ouvindo, nos traga uma luz. Faca um video no youtube.
    Agradeço.
    Sou seu fã para novo Diretor Geral.

  7. João de Paiva disse:

    Prezado Marcelo Auler, prezados leitores.

    Eu tenho afirmado de forma categórica, taxativa, enfática e contundente: a Farsa a Jato é uma ORCRIM, uma organização criminosa, uma quadrilha. O conjunto de reportagens publicadas neste blog demonstra de forma cabal que delegados e agentes da SR/DPF/PR, procuradores do MP e o juiz sérgio moro, todos eles integrantes do que se convencionou chamar de ‘Força-Tarefa da operação Farsa a Jato’, constituem, efetivamente, uma organização criminosa institucional. E as quadrilhas institucionais são as amais perigosas, pois seus agentes podem chantagear, ameaçar, investigar, denunciar, processar, julgar e condenar os cidadãos que ousem investigar e denunciar por meio de reportagens epublicações os crimes cometidos por aqueles que as integram. O próprio Marcelo Auler tem sentido isso na pele, já que tem sido perseguido, processado e censurado por delegados cujas ilegalidades criminosas foram expostas nas reportagens publicadas neste blog.

    Com a revelação pela revista CartaCapital, e agora pelo blog, do submundo habitado por Meire Poza e Nelma Kodama e as promíscuas relações que elas estabeleceram com agentes e delegados da PF, a Farsa a Jato se revela também uma ORCRIM pornográfica, imoral e abusada. Vários leitores do blog, que conhecem as facções e o submundo da PF perderam as estribeiras e fizeram comentários muito desabonadores em relação a essa ‘polícia judiciária’. Mas a meu ver, no caso da Farsa a Jato, a ORCRIM envolve também procuradores do MP e juízes federais, como sérgio moro. As regalias e atipicidades atinentes a Meire Poza e Nelma Kodama jamais ocorreriam sem a conivência do MP e do juiz federal. Se o STF fosse uma côrte suprema, digna desse qualificativo, já deveria ter solicitado o afastamento não só do juiz sérgio moro, mas de toda a equipe da PF e do MP que constituem hoje a FT/ORCRIM da Farsa a Jato. O caso é gravíssimo, como tenho chamado a atenção. As instituições burocráticas do Estado, cuja atribuição legal é investigar, denunciar e julgar práticas criminosas se transformaram, elas mesmas, em organizações criminosas. Tão grave é a situação que essa ORCRIM teve e tem papel decisivo no golpe de Estado em curso no País, que afastou a presidência a presidenta legítima, Dilma Rousseff, eleita com 54.501.118 votos e no lugar dela colocou a quadrilha política dos partidos de direita (PSDB, PMDM, DEM, PS e PSB), tendo à frente o anão moral e político, o traidor-golpista-usurpador-corrupto, michel temer. Numa situação de normalidade institucional, a presidenta Dilma Rousseff deveria convocar as Forças Armadas e ordenar-lhes que efetuassem a prisão de TODOS os traidores e golpistas, sobretudo os que integram a ORCRIM da Farsa a Jato.

    Esse ensaio erótico da “(Ko)dama da operação “, ou melhor, da musa da ORCRIM da Farsa a Jato, publicado naquela que hoje é conhecida como revista do jornalismo de esgôto, mostra o grau calhordice a que chegou a mídia impressa do PIG, assim como as instituições burocráticas do Estado Brasileiro (PF, MP e PJ); nesse caso o destaque negativo vai para a SR/DPF/PR e para o juiz sérgio moro. Considero altamente recomendável que uma cópia desta reportagem, assim como da revista CartaCapital com Meire Poza, além de um exemplar do ‘esgôto jornalístico’, sejam enviados aos ministros do STF, pedindo a eles que se manifestem sobre os fatos e tomem providências.

  8. Dedo de Seta do Caralho! disse:

    E o esquema de corrupção do velho Bolacha bode safado na custódia do paraná?
    Não vai dá em nada DIP, DG, COGER?
    Não pega nada federais orgulhosos de servir bem servido?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Márcio Moura disse:

      A Mafia do tráfico de influência dessa historinha ridícula de tres pontinhos que só serve pra isso mesmo no DPF tao segurando isso também ?

      Dizem por aí que o Chefe da PF no Parana na verdade é um Cavaleiro Templário.

  9. Mestre Yoda disse:

    Isso não pode ser verdade!
    Não se pode admitir que um Delegado da Fazendária faça isso.
    Vou comunicar ao Delegado Paulo, chefe da fazendária, para tomar providências e identificar o criminoso.
    Delegado Paulo jamais admitirá alguém com tal conduta na Delegacia Fazendária! Jamais!

  10. Armando Golpe disse:

    Quero ver os hipócritas que falam em impunidade e eles mesmos botam na rua uma doleira do tráfico de drogas do PCC em 2 anos tendo sido condenada em 15 ! Ainda fazendo palhaçada e esculhambando a Justiça e o MPF com essas fotos que acachapantam sua sentença.

    Vamos lá Messiânicos Doutores do MPF.. estou aqui esperando o pedido dabrevogação do benefício e o encaminhamento direto dessa criminosa arrogante para o complexo penal de Piraquara. Se não fizerem isso ai sim é a conficao que tem treta nisso tudo ai.

  11. cretino disse:

    ela e rainha mesmo basta aceitar

  12. Indisciplina disse:

    Kkkkkkkkk Eu me divirto com os os comentarios.
    Tudo verdade, mas cômico no País das hot jabuticabas de voz de trovão. As hotballs da criança que lamentava pro mosca na sopa que ninguem queria encaçapar nele, deve gostar é de hotballs de boliche.
    -“Aííííí senhor mosca, não aguento mais esse mundo cruel, pois ninguém quer brincar de caçapa comigo”. -“Não fique assim amiga, você é a herói da nação!”
    Se as paredes falassem!!!

    • cumpadi washington 2+2=3 disse:

      Então,
      O trovão vivia reclamando que queria um taco na caçapa dele pro tal fly. Daí fly para consola-lo e não oferecer seu taco pra uma sinuca, dizia que isso era passageiro e que ele deveria se orgulhar de ser o herói da nação por ter combatido a corrupção.
      Só que fly não tem a boca pequena rsrsrs

      • Sereno disse:

        kkkk. Como diria aquele âncora da Band: “Isto… é… Uma… Vergonha”.

        • Rubens Frafa disse:

          Senhor Moro,
          Essa senhora Nelma está desacatando V. Ex. E todos os demais magistrados do Paraná.
          Por favor, isso não pode passar em branco.
          Estão cuspindo na Justiça. O que era um benefício para a condenada virou um meio de chacota internacional.

  13. paul moura disse:

    Dona Nelma,
    Parabéns, a senhorita é uma mulher inteligente.
    Bandido burro tem que estar preso mesmo.
    Exibindo um adereço que é o supra-sumo do poder.
    Não é qualquer um(a) que pode ostentar, sensualmente, uma tornozeleira sem ser importunado.

  14. Cumpadi uôxtô disse:

    Tem mais, vamos lembrar:
    1 delegado IRdP (e outros menos cotados) ameaçar o delegado VB pra não lavrar flagrante. esse tá fácil de rastrear;
    2 delegada CP a mando da delegada DGR fazendo captação ambiental às escondidas. essa gravação o delegado I teria destruído;
    3 mandar a perícia não fazer varredura pra esconder outros grampos ilegais;
    4 Delegado RFF dar ordem ilegal para prevaricação no passaporte;
    5 Delegado MAA ameaçar preso sob pena de divulgar vídeos íntimos e humilhação pública;
    6 meninos da LJ (G e Milmachos) extrair fotos de material periciado para fazer gracinhas com alvo (MP, outrora informante);
    7 delegado MMG pagar estagiária M com verba secreta;
    8 delegados IRP e MAA mentir em audiência judicial sobre grampo na custódia;
    9 investigar autoridades com prerrogativa de foro às escondidas;
    10 deixar preso JdF comandar núcleo com tornozeleira eletrônica;
    11 ameaçar ex chefe da custódia PRRF com prisão para calar a boca;
    12 delegado EMdS servir de informante para jornalistas;

    Cansei. Tem mais… esqueça os já batidos vazamentos, fraudes sortidas, fumódromo, grampo na custódia, prevaricações de toda sorte, perseguições, gastança de dinheiro público, inquéritos dublês, ameaças e mais ameaças.

    • Dica Pra Nelma disse:

      Sra. Nelma,
      Como dica que acho que a sra Meire Poza também poderia lhe dar.
      Escreva tudo que sabe enquanto está em liberdade, de próprio punho ou com um jornalista que lhe grave e filme, pq a senhora é um arquivo vivo do que aconteceu na carceragem daquela PF e do que aqueles delegados da lava jato são capazes de fazer.
      Escreva um livro dos bastidores imundos da lava jato e dos porões daquela carceragem.

      Não perca tempo e ganhe um dinheiro digno com o livro.

  15. vergonha disse:

    Isso é um verdadeiro escarnio!! um tapa na cara da justiça!!! enquanto outros réus que foram beneficiados e tiveram substituidas a prisão por uma medida menos invasiva, dentre elas a utilização ne tornozeleira eletrônica, se mantem o mais discretos e reservados possiveis, essa bandida, da uma cuspida na cara do juiz que concedeu o beneficio e posa em uma revista de circulação nacional exibindo a tornozeleira como se fosse um acessório! RIDICULO VERGONHOSO!! TENHO CERTEZA , SEJA PELA SERIEDADE E PESSOA CRITERIOSA QUE É, O JUIZ QUE CONCEDEU O BENEFICIO VAI REVOGA-LO!!! E MANDAR ESSA DELINQUETE PARA O PRESIDIO!!! ESSA MULHER ACHA Q TUDO É PALHAÇADA!!!!

  16. gatinha disse:

    Me desculpe Marcelo, mas sem chance dessa mulher sair em qualquer revista masculina!!!! com todo respeito é muito feia e acabada!!!

  17. Frans Ernes Caalijuri disse:

    ERÓTICA? TÁ LONGE HEIN… RS

  18. Adevogadu disse:

    É ISSO MESMO? ESSA NELMA KODAMA, ESTAVA PRESA COM SUA NAMORIDA YARA NA CARCERAGEM DA PF NO PARANÁ?? ESSA FOTO AI EM QUE ELA APARECE COM UMA PESSOA Q MAIS PARECE O BIRO BIRO (CURINTIA) É A TAL DA YARA?? ESSE CASAL DE POMBINHOS VIVIA MARITALMENTE NA CARCERAGEM DA PF?? QUEM É YARA NA ORDEM DO DIA P FICAR PRESA POR MAIS DE UM ANO E MEIO CUMPRINDO PENA DE NA CARCERAGEM DA SR?? Q A NELMA FICOU PRESA LA TODO MUNDO SABE, MAS A NAMORIDA?????? SE A JAPA VOLTASSE P PRESIDIO SEM TER BENEFICO ALGUM ELA IA METER A BOCA E CONTAR ALGUMAS COISINHAS QUE FEZ A PEDIDO DOS PADRINHOS, ESSA NELMA É A QUE UM TAL DELEGADO FALA QUE FICOU LOUCA E Q TERIA RASPADO O CABELO? É A NELMA QUE O DELEGA PEDE P N JUNTAR O TERMO DE RECONHECIMENTO?? ESSA NELMA

  19. Cornograma disse:

    Se contar em Portugal o que eles fizeram transformar uma operação policial vao ficar putos de levarem a fama e como na PF de Curitiba que conseguem fazer tanta cagada se superando a cada dia, a comecar pela tchurminha da”Deu o fim” na antiga versão dos trapalhões e criou a nova.

    A nova versão dos Trapalhoes. …os do DPF.. PÁ PÁ PÁ PÁ PÁ PÁ PÁ PÁ PÁ … PÁ PÁ PÁ PÁ .

    DEDE ,DIDI, MUÇUM E ZACARIAS são amadores perto de Cornudo, Lacraia, Mosca de Padaria e Macacheira com Aipim.

  20. Aldo Pavão Júnior disse:

    Mente limitada, não, Marcelo Auler. Espere o prisão Lula e você verá para onde irão pessoas da estirpe da digníssima. Tire a estrela que te tapa o olho para voltar a enxergar.

  21. Sérgio Freitas disse:

    Marcelo, você tá de brincadeira ne?! Isso tudo ai é montagem nao é?! Nao ė possível. Não acredito. Essa decisão ai do Moro… nem ele sabe o que escreveu.

  22. Igornograma disse:

    Parabéns pro casal mais famoso do panóptico conhecido como pf/pr.

    Me disseram que estão esperando gêmeos. Vou sugerir bons nomes:

    Mário Leal (ML) e Mário Fanton (MF).

    O padrinho do MF pode ser o mosca e madrinha a lacraia.

    Já o ML vai de max e flowers de lime.

    *** Esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. ***

    • Cornograma disse:

      Meire kodama vai falar… aguardem…não adianta tacar fogo de novo nas provas queimando o singelo apto de 500 m2. Dessa vez o juiz pode não gostar… ele ta confiscado.

  23. Lucas disse:

    As sindicâncias da Coain, já estão com o Moro e MPF. Segundo um Procurador da República é um escândalo. Vai sobrar só cacos da PF. O lado bom disso tudo, segundo o Procurador da República vai ser a submissão total da PF ao MPF, segundo suas palavras: vão pedir autorização p gente até para ir ao banheiro urinar, será uma nova era para o MPF”. Parabéns aos polícias fraudadores e àqueles que deviam coibir tal comportamento em especial a Corregedoria da PF, na pessoa da ” competente” Delegada Tânia. Para esta mando o seguinte recado: Tânia sua conclusão no ipl 737 é ridícula, mas tão ridícula que sinto vergonha alheia. Aquelas pessoas que você indiciou não queria derrubar a adminstraçao da Superintencia da PF/PR, queriam eles presos. Repito presos… Sabe o motivo de querem eles presos e não apenas afastado da administração? Eles estavam cometendo crimes e afundando a Polícia Federal!!!

  24. Sérgio Freitas disse:

    Gostaria de saber se a VEJA participou tb da delacao fictícia da doleira tendo como tópico desse escrutinio que a mesma teria que participar de um ensaio fotográfico da revista parceira do golpe usando a tornozeleira channel. .. seria o tópico 15 da felacao ?!ops.. relação. . Quer dizer.. delacao… ufa. Como diria um narrador de futebol famoso ” ai eu se consagro”!

  25. Messias Franca de Macedo disse:

    … [mais] uma mulher sendo aviltada a $oldo IMUNDO dos velhacos vigaristas hediondos Civitas do criminoso folhetim que responde pela famigerada &$ fatídica alcunha ‘veja’!
    Ah se nesta “Republiqueta do ‘CU(nha)’ do Mundo” houvesse, ao menos, um Poder Judi$$$iário minimamente decente, sério… “E não acovardado” perante os ímpios &$ covardemente desumanos…

    • Messias Franca de Macedo disse:

      LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA

      … A escrota ‘veja’ [da ‘coxinhada’ nativa – e estrangeira!] do esgoto do esgoto do esgoto da MARGINAL do DEMoTucano José (S)erra, FHC et caterva não se cansa de se superar na baixaria…
      “‘Vá’ gostar” de lamaçal [pseudo]jornalístico assim lá na mansão do LIBANÊS (A)moral usurpador decorativo dos nazigolpistas

  26. […] post Nelma Kodama, doleira da Lava Jato, beneficiada por Moro, posa de modelo para Veja apareceu primeiro em […]

  27. […] Auler mostra, em detalhado levantamento, toda a história de doleira Nelma Kodama, “estrela” de “ensaio erótico” […]

  28. De Saco Cheio disse:

    Marcelo parabéns pela reportagem mais uma vez indo na “verdade dos fatos” e não “no que é contado ao “povo bovino brasileiro”.

    No mínimo não existe igualdade na Justiça do Paraná. Porque diversos presos com penas parecidas dessa doleira maluca continuam encarcerados – ao que consta alguns num processo atual de “pau de arara virtual” desde o início do ano sendo massacrados para falarem diversos tópicos pre fabricados entre eles como divulgado na impresa SOBRE O DOSSIÊ DOS DISSIDENTES QUE NUNCA EXISTIU- fala que eu te solto !!! Uma verdadeira TORTURA PSICOLÓGICA em um DESESPERO PARA ALGUEM FALAR QUALQUER COISA – que deixe se claro de antemão NAO EXISTE !!!
    … para nublar o que estar por vir a tona ! Toda a sujeira, fraudes, crimes , infracoes administrativas, que essa ORCRIM de ditos policiais cometeu. REPITO – VAI VIR A TONA. OU PELO PRÓPRIO DPF – o que seria mais digno depois de tanta perseguição que servidores sofreram- ou pela justiça .

    COM RELAÇÃO A DOLEIRA NELMA QUE CUMPRIU PENA NA SR DO PARANÁ ABSURDAMENTE DEPOIS DELA APONTAR O DELEGADO RIVALDO COMO AMIGO DO YOUSSEF O EX AGENTE GNAZZO COMO FREQUENTADOR DA CARCERAGEM SEM QUE ELE TENHA IDO SEQUER NA PF UMA VEZ EM TRÊS ANOS POIS ESTAVA DE LICENÇA !!! QUANTO MAIS NA CARCERAGEM !!! TER RECONHECIDO O AGENTE MASSUIA , O MESMO QUE LIGOU PRA ELA DURANTE A INTERCEPTACAO EM CURSO, A MANDO “SUPERIOR” PARA EVITAR QUE A MESMA VIAJASSE E NÃO ATRAPALHASSE AS INVESTIGACOES” E ESTAVA FALANDO ISSO PARA TODOS ESCUTAREM DENTRO DA PF DE CURITIBA, ENTRE OUTROS EM UMA LISTA DE POLICIAIS DIGAMOS…. DISSIDENTES !!!!!! CRIADA PELO DPF IGOR NO QUAL AINDA O MESMO PRESENCIOU ESSA MAGICA – A DOLEIRA NELMA KODAMA RECONHECER PESSOAS, As MESMAS !!!!! LIGADAS INCRIVELMENTE AO INQUERITO 737 !!!! SEM QUE ELA NUNCA TENHA VISTO !!! NAO É PIADA ! É VERDADE !!! ENTAO A PARTIR DAI ACONTECE COISAS MAIS ESDRUCHULAS AINDA :

    A CRIACAO DO ORGANOGRAMA CRIMINOSO DO DELEGADO IGOR QUE AO SAIR EM UMA REVISTA DE CIRCULACAO NACIONAL DENEGRIU O NOME E A IMAGEM DOS SERVIDORES ALI DESCRITOS de PRÓPRIO PUNHO PELO DRCOR DO PARANA, NO QUAL A POLICIA FEDERAL EM UM CORPORATIVISMO ABSURDO RESOLVEU ENGAVETAR ISSO E AINDA POR CIMA CUSPIR NA CARA DAQUELES SERVIDORES RABISCADOS AO EMITIR NOTA OFICIAL DE ADVOGADO DE DEFESA DO DELEGADO QUE CRIOU ESSE ABSURDO AO INVES DE PROCESSA-LO. A PARTIR DAI A DOLEIRA NELMA – ESTA CLARO O PORQUE NÃO É! ?!?!?! COMECA A IMPOR CONDIÇÕES A PF CHEGANDO AO CÚMULO DE TRAZEREM DO SISTEMA DIRETO PRA SUA CELA NA PF SUA “COMPANHEIRA” IARA, PARA DORMIREM DE CONCHINHA, E DEPOIS ATÉ CONVENCE OUTRA PRESA A DELATAR COM SEU “NOVO” ADVOGADO – OUTRO FATO “INUSITADO” QUE ENVOLVE ALGUNS DELEGADOS E ESSA PRESA… DE NOVO! MAIS UMA VEZ !!!

    SE VOCE ACHOU NESSA BREVE HISTÓRIA VERÍDICA RESUMIDA QUE A SENHORA NELMA KODAMA VIROU UM ESTORVO PARA A PF DEPOIS DE APONTAR QUEM FOI MANDADO APONTAR NO RECONHECIMENTO E AINDA FALAR O QUE FOI MANDADO FALAR COISAS EM 3 DEPOIMENTOS SEM PÉ NEM CABEÇA NO 737 QUE JAMAIS PODERIAM TER OCORRIDO… AÍ FAZ SE O QUE COM ELA ???? MANDA ELA PRA CASA CORRENDO DE QUALQUER JEITO INVENTA UMA DELACAO …PORQUE VAI DAR MERDA ISSO !!!!!

    OU SEJA … QUER QUE EU DESENHE O QUE ESTA ACONTECE COM ESSA MEIRE 2 !?!? PRecisa DE UM ORGANOGRAMA DE DELGADOS ?

    QUERO VER AGORA REVOGAREM SUA PRISAO DOMICILIAR. DEPOIS DESSE ABSURDO QUE NUMA SITUAÇÃO NORMAL SERIA UM TAPA NA CARA DA JUSTIÇA ESSE DEBOCHE DESSAS FOTOS, COISA QUE SÓ FEZ POR SABER QUE NÃO VAO REVOGAR SUA PRISÃO DOMICILIAR NUNCA SENAO SIMPLESMENTE ….ELA ABRE A BOCA !!!

    • Cumpadi Indiano 3+1=5 disse:

      Véi Véi Véi Véi Véi.
      Ciente!

      • chupacabra disse:

        tem gente em bsb achando que vai livrar a cara do rosalvo, kkkkkkkkkkkkkkkkkk
        ooooooooo véi, não vai dá não véiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • RETRONABA disse:

      A DOLEIRA diz que conheceu o “inferno” no presídio.

      Depois para não voltar para o inferno se submete a falar coisas e reconhecer servidores sem nem saber quem são – apontados e combinados logicamente anteriormente por um gênio da Sr .

      Conhecidentemente esses servidores são os mesmos que o Delegado Igor desenhou no organograma criminoso e outros apontados na portaria do 737 como quem teriam feito dossie para denegrir a Imagem dos Delegados Aecistas do Facebook.

      A partir dai ela fica DE VEZ na custódia e PF e ainda traz do presídio sua “amiga” que passa a cumprir pena também na PF !!!

      Agora as perguntas :

      COMO SE VISLUMBRA UMA DELAÇÃO COM UMA PRESA QUE CANTOU NA CPI RECONHECEU PESSOAS QUE NAO PODERIAM ESTAR AONDE DISSE QUE ESTAVAM E AINDA MENTIU EM 3 DEPOIMENTOS . A PRÓPRIA DELEGADA DA CORREGEDORIA DISSE QUE ELA NÃO TEM CREDIBILIDADE DENTRO DO INQUERITO 737… E COMO TEM ENTAO PARA UMA DELACAO ?

      POrQuE os DELEGADOS DO PARANÁ, ENCABEÇADOS PELO DPF IGOR, QUE PRESENCIOU ELA RECONHECER PESSOAS QUE ELE SABIA QUE ERA IMPOSSÍVEL -E INCRIVELMENTE ELE NÃO SE MANIFESTOU SOBRE ISSO ! – TRATARAM DE DELACAO COM UMA PESSOA SEM CREDIBILIDADE ALGUMA E CLASSIFICADA PELO JUIZ COMO CRIMINOSA CONTUMAZ ?

      PORQUE O MPF NÃO EMBARCOU NESSA HISTÓRIA DE DELACAO JUNTO COM A PF? NElma KODAMA FOI A ÚNICA PRESA QUE O MPF PULOU FORA DE FAZER DELACAO JUNTO COM A PF. O QUE O MPF SABE SOBRE O QUE ACONTECEU COM ELA NA PF DE CURITIBA?

      Sr. Igor e adjacentes vcs fizeram mal a muitas pessoas. Usaram dos cargos e funções para junto com os parceiros de seus crimes de vazamentos ofender a honra e a família de muita gente seria. Achavam que iam ficar impunes? Que a conta disso não viria? Acham que iriam mentir em juízo, criar factoides , usar a Meire e essa Nelma sem que seus crimes viessem a tona?

      VOCÊS TODOS VÃO PARA O OLHO da RUA seus vermes. Voces sao uma vergonha para Polícia Federal de Verdade.

      Não adianta aparecer um super homem de Brasília querer se meter na frente disso pq vai junto. Quem defende canalha criminoso também o é.

      Vocês judiciaram a fraude. Agora segurem a naba. Se bem que um deles… adora.

      • Cabeça de melancia disse:

        Parabens Auler por mais uma materia!
        Ela faz parte de mais um capítulo da enciclopedia nos bastidores da lava jato.
        Quanto a Igor Romario, o tombo dele sera pior do que de todos esses presos da lava jato juntos, porque todos sairam em liberdade na delacao e ele vai em cana e vai perder o emprego.
        Ele tem alguma especie de delirio ou de imaginacao fertil de que nada dessas precisoes vai ocorrer. Antes achava que era coisa interna, que contornava calando a boca e corrompendo bolacha e cia. Mas veio Meire Poza com uma tonelada de irregularidades pesadas que vai colocar ele, Marcio Anselmo, Prado e mais umas vinte pessoas no bueiro da rua.
        Agora ele acha que vai corromper ou contornar as merdas com quem? Com o presidente da Turquia? Com os amigos do MP? Com o Juiz?
        Podem ajoelhar e chorar Igor, Marcio, Erika, Moscardi, Mauat, Daniele, Haiashi, Rosalvo, Cumpadi, Cassandra, Rosicleya…

Deixe uma resposta

O Blog não faz censura ideológica, removemos comentários que façam ingerência na vida íntima das pessoas – que não sejam pertinentes à postagem – assim como denúncias que não temos como comprovar. Também será excluído palavreado chulo. Entendemos que em determinados casos as pessoas usem pseudônimos para manter sua privacidade, o Blog, em uma atitude de cautela, não permitirá que pseudônimos diversos sejam utilizados pelos mesmo remetente. Detectados estes casos, os comentários serão removidos.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>