Detrator erra endereço da carta para Chico Buarque

Chico Buarque processará não um, mas dois dos seus destratores na internet. Além do "jornalista" João Pedrosa, o jovem fazendeiro paulista Guilherme Gaion Junqueira Motta uiz também responderá judicialmente pelo que postou no Facebook - Foto: reprodução Facebbok
Chico Buarque processará também fazendeiro paulista
18 de janeiro de 2016
Delegado Federal José Francisco Mallmann - Reprodução Governo RS
Polícia Federal ontem e hoje: de FHC à Dilma Rousseff
20 de janeiro de 2016

Detrator erra endereço da carta para Chico Buarque

Na foto familiar de Silvia, Chico e Helena, divulgada no Instagran de Silvia , Pedrosa descarregou sua raiva ofendendo o cantor e seus familiares: "família de Canalhas!!!Que orgulho de ser ladrão!!!"

Na foto familiar de Silvia, Chico e Helena, divulgada no Instagran de Silvia , Pedrosa descarregou sua raiva ofendendo o cantor e seus familiares: "família de Canalhas!!!Que orgulho de ser ladrão!!!"

Marcelo Auler*

Foi pela imprensa, que Chico Buarque, seus familiares e o advogado João Tancredo tomaram conhecimento da carta com pedido de desculpas que o pseudo jornalista e colecionador de arte de São Paulo, João Pedrosa, diz ter enviado ao cantor. Pelo jeito, a remessa foi para o endereço errado – chegou nas mãos dos jornalistas antes do destinatário. Isso é um claro sinal que mais do que arrependimento por ofender os Buarque de Hollanda, tratados por ele como “Família de  canalhas!!! Que orgulho de ser ladrão!!!”, a preocupação de Pedrosa é tentar limpar seu nome. Afinal, como admitiu ao site da Veja SP,  “meu nome está jogado na lama”.

Na foto familiar de Silvia, Chico e Helena, divulgada no Instagran de Silvia , Pedrosa descarregou sua raiva ofendendo o cantor e seus familiares: "família de Canalhas!!!Que orgulho de ser ladrão!!!"

Na foto de Silvia, Chico e Helena, divulgada no Instagran de Silvia , Pedrosa descarregou sua raiva ofendendo o cantor e seus familiares: “Família de Canalhas!!!Que orgulho de ser ladrão!!!”

Chico, seu familiares e seu advogado leram a carta pela coluna da Mônica Bérgamo, na Folha de São Paulo, on line.  Como diz Mario Canivello, assessor do compositor, “a carta tem até um pedido de desculpas, mas não tem uma retratação formal. Em momento algum nós conseguimos detectar ali uma retratação formal.  Ele não diz, “errei, Chico Buarque não é ladrão. Foi uma acusação infundada. A família não é uma família de canalhas, mas de pessoas honradas”**.”

Tudo pode não passar de uma estratégia do colecionador de arte na tentativa de evitar o processo que a família unida pretende lhe mover, como noticiamos em Chico Buarque processará fazendeiro de Guaíra (SP).

“Não só pelo conteúdo da carta como também por entrevistas que está concedendo. Ele está muito mais preocupado em justificar e legitimar a agressão dele do que realmente fazer uma retratação formal”, diz Canivello.

Na entrevista à Vejinha São Paulo, além de se confessar eleitor de Aécio Neves, o colecionador volta a criticar o cantor e compositor: “Em meio às circunstâncias atuais, ele ainda promove o PT e o Movimento dos Sem Terra.”

Leia também:

A noite em que Chico Buarque me mandou à merda!

A censura sem critério nas obras de Chico Buarque

O jovem incoerente que provocou Chico Buarque

Abaixo veja a carta que ele endereçou aos jornalistas antes de ser entregue a quem ela deveria ser dirigida, caso não houvesse um interesse maior de aparecer do que pedir perdão.

“Carta a Chico Buarque e família,

João Pedrosa, mais preocupado em tirar o nome da lama do que se desculpar com os ofendidos - Foto: Reprodução Face book

João Pedrosa, mais preocupado em tirar o nome da lama do que se desculpar com os ofendidos – Foto: Reprodução Face book

Estou escrevendo essa carta para me desculpar, se isso for possível. Eu errei e me excedi ao insultar a sua família. Infelizmente a política brasileira nos colocou em campos opostos, assim como acontece com toda a nação.

Quero crer que nós queremos a mesma coisa para os brasileiros por vias opostas, uma vida digna e próspera. A sua via é o socialismo, e a minha, o capitalismo. Desde a eleição da presidente, o Brasil entrou numa espiral negativa de ódio de classes, racial e política, que mergulhou o Brasil num caminho de decadência econômica, moral e social inegáveis, que eu acredito tragicamente irreversíveis, foi isso que motivou o meu ódio, e o meu comentário errado e infeliz.

O meu insulto foi motivado por sua associação ao PT e ao MST, são eles que eu considero ameaça à nossa dignidade e nossa democracia. Fui motivado pelas mulheres que estão dando à luz nas calçadas, aos velhos sem atendimento nos chãos dos hospitais, e principalmente, aos milhões de pais de famílias impedidos de darem pão e dignidade às suas famílias e vidas, enquanto os políticos patrocinam copas e olimpíadas, e o enriquecimento, e poder pessoal deles.

Espero que acredite que o meu arrependimento é sincero, e eu afirmo que é, mas também são extremos a minha revolta e indignação com o nosso momento atual, foi isso que motivou o meu erro. Sem mais, sinceramente,

João Pedrosa”

* Na pressa em postar, errei ao digitar o título colocando um s onde não deveria. Peço desculpas.

** Reeditada para reproduzir textualmente as declarações de Mario Canivello que saíram truncadas dando margem a interpretações diversas. Peço desculpas ao assessor e aos leitores.

Apoio:

Advocacia Eny Moreira

19 Comentários

  1. herbal disse:

    Thanks for another wonderful article. Where else could anybody get that kind of information in such an ideal way of writing? I have a presentation next week, and I’m on the look for such information.

  2. Mvallezi disse:

    Chico é agora uma decepção às minhas memórias. Diziam que seu talento vinha do tamanho da sua embriagues, e eu o defendia. Agora percebo que prefiro Chico bêbado, pois sóbrio me parece um vendido e que jogou seu nome na lama em prol de bandidos. E pensar que já foi um grande poeta e pensador. Pobre Chico

  3. Chico Buarque está à vontade para decidir: perdoar o agressor ou processá-lo. Eu o processaria sem pestanejar. Desrespeito não pode e não deve ser admitido em nenhuma hipótese.. Você pode expressar sua opinião sem ofensas. Questão de caráter, de ética.
    E, por falar em processo, o ex-presidente Lula tem que processar o lutador de MMA Wanderlei Silva. Ele falou uma série de inverdades sobre o filho do Lula..

  4. […] este blog antecipou, com a informação do Marcelo Auler, Chico Buarque manterá o processo contra João Pedrosa, segundo sua assessoria confirmou à […]

  5. Graça Moura disse:

    É uma afronta a esse grande artista BRASILEIRO! Esse “cidadão” não se retratou, ele sequer se arrependeu das infelizes palavras! Quem dera mais pessoas fossem tão corajosas quanto sempre foi o nosso grande CHICO que, tão sabiamente retratou o Brasil dos anos de chumbo através de suas belas canções!

  6. […] este blog antecipou, com a informação do Marcelo Auler, Chico Buarque manterá o processo contra João Pedrosa, segundo sua assessoria confirmou a […]

  7. Joseliss Teixeira de Magalhães disse:

    Só quero fazer duas perguntas para esse cidadão. Como que ele conseguiu dinheiro para ser colecionador? Se é ele que pagou a dívida do imposto de renda com um trabalho do Picasso?

  8. Nicola disse:

    Não pode deixar barato. A turma que ofendeu o Mantega na lanchonete do hospital, quando foi acionada, também pediu arrego. Não pode deixar barato porque esta turma só é corajosa no anonimato ou em grupos. Baixa o pau.

  9. Eclair Pires disse:

    O grande pai e historiador Sérgio Buarque de Holanda deve estar tão indignado no céu, mas sábio torce p que tudo fique bem ! Imsgine seus filhos /netos/bisnetos….bem criados, cultos, corretos, ,éticos, talentosos se depararem com acusação vil em plena democracia!

  10. Sérgio disse:

    Tentando me colocar no lugar da família Buarque, se fosse um singelo pedido de desculpas, de poucas linhas “desculpe minhas palavras. Nem vocês, nem ninguém merece ser ofendido como eu os ofendi”, isso bastaria para eu perdoar.
    Mas do jeito que foi escrito, repetindo os mesmos preconceitos que motivaram a injúria, acho que eles deviam seguir em frente com a ação. Até por representar todos aqueles que pensamos como o próprio Chico, que somos desrespeitados e agredidos todos os dias, por conta de nossas preferências e posições políticas.
    Pau no arregão.

  11. Eremita disse:

    O nome vai pra lama pra se encontrar com o dono. O carinha ja vive na lama, é hora de o nome dele ir pra lá tambem. Desse o porrete, Chico, nao perdoa nao!

  12. Lili disse:

    Chico roubou sim, o meu coração! Eu te amo, Chico!!!

  13. […] Auler, em seu blog, andou rápido e já dá pistas de que não será com uma carta de “escapatórias” que […]

  14. João Bosquo disse:

    Fora as peraltagens de menino, Chico nunca roubou um mísero verso de ninguém, uma nota sequer. O que se sabe, Chico é um ‘ladrão’ de corações apaixonados, amantes da música, da canção brasileira. Que esse jornalista de meia tigela agora se retrate – não apenas um pedido de desculpas esfarrapadas, na qual tenta justificar o injustificável. Chico não é ladrão, nem a família dele é canalha e isso não está ‘desdito’ na carta.

  15. Vera Lúcia mello Nunes disse:

    Esse senhor está prensando o que?
    Que Chico Buarque e IDIOTA? Arrependimento? A ONDE? CONTINUA A ACHAR QUE ELE ESTA CERTA E CHICO BUARQUE ERRADO.
    Ele SE DIS PREOCUPADO COM O POVO, COM O TRABALHADOR KKKKKKKKKK KKKKKKKKKK ESTÁ PREOCUPADO E COM SUA VIDINHA MEDÍOCRE.

Deixe uma resposta

O Blog não faz censura ideológica, removemos comentários que façam ingerência na vida íntima das pessoas – que não sejam pertinentes à postagem – assim como denúncias que não temos como comprovar. Também será excluído palavreado chulo. Entendemos que em determinados casos as pessoas usem pseudônimos para manter sua privacidade, o Blog, em uma atitude de cautela, não permitirá que pseudônimos diversos sejam utilizados pelos mesmo remetente. Detectados estes casos, os comentários serão removidos.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>