Erika Santos, a ex-estudante que denunciou Temer, e seus mistérios a serem desvendados
8 de agosto de 2016
Para o DPF, grampo ilegal na Superintendência do PR é transgressão disciplinar
9 de agosto de 2016

Liminar judicial concedia na noite de segunda-feira: multa de R$ 10 mil para cada ato de repressão às manifestações políticas pacíficas nas arenas dos Jogos Olímpicos.

Marcelo Auler*

Liminar judicial concedia na noite de segunda-feira: multa de R$ 10 mil para cada ato de repressão às manifestações políticas pacíficas nas arenas dos Jogos Olímpicos.

Liminar judicial concedia na noite de segunda-feira: multa de R$ 10 mil para cada ato de repressão às manifestações políticas pacíficas nas arenas dos Jogos Olímpicos.

A decisão judicial ao lado foi tomada na noite de segunda-feira, pelo juízo no plantão da 12ª Vara Federal Cível do Rio de Janeiro. Ela foi provocada pelos Procuradores Regionais dos Direitos do Cidadão (PRDC), Ana Padilha Luciano de Oliveira e Renato Machado, da Procuradoria da República do Rio de Janeiro, em uma Ação Civil Pública ajuizada às 18H48 da mesma segunda-feira.

O juiz federal de plantão, João Augusto Carneiro Araújo, demorou 23 minutos para ler o pedido e tomar a decisão que proíbe o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a União e, em consequência, todas as polícias, incluindo a Força Nacional, de impedirem manifestações políticas nas arenas dos jogos. Ele recebeu a Ação às 20H31 e a liberou com decisão às 20H53.

Antes de reproduzir abaixo parte do que o sempre atento Fernando Brito já  postou no Tijolaço, levanto uma questão singela: como se comportarão as emissoras de televisão, que fazem o jogo do governo interino e apoiam o golpe do impeachment, quando depararem na plateia com um cartaz destes? Pelo jeito, o diretor de TV terá muito trabalho para impedir a transmissão das mensagens. Ou vão deixar de filmar o público?

Abaixo, transcrevo a abertura da matéria do Tijolaço.

O “Fora Temer” é liberado. E quem reprimi-lo paga R$ 10 mil, determina juiz

Como qualquer um, mesmo sem muito conhecimento jurídico, podia imaginar – inclusive este humilde blogueiro – a repressão olímpica a cartazes e camisetas com o “Fora Temer” caiu na primeira ação judicial.

Todo mundo, não. Quase todo mundo, menos os “juristas de conveniência” Michel Temer e seu Ministro da Polícia, Alexandre de Moraes, que ontem saiu em defesa dos brucutus “caça-cartazes”.

Como se disse desde o início, autoritários e burros, porque deram relevo mundial ao que seriam protestos relativamente esparsos e já contavam com o poder de foco amestrado dos seus financiados olímpicos para abafar vaias e não mostrar protestos.

Continua em: www.tijolaco.com.br

* Editado às 13H04 para acrescentar informação.

2 Comentários

  1. Joao Luiz Pereira Tavares disse:

    Nunca daria meu dinheiro para outro partido, exceto o PT. Meu dinheiro é apenas para minha religião, o PT.

    Seja “crowndfunding” pra Nossa deusa baranga Coração Valente© viajar de avião (como no ano passado, 2016, em que eu contribui para Nossa Querida Mãe Coração Valente©, de acordo com o pedido e ordem de Nosso Amado Chefe barbudinho… Apelo feito pela TV).

    E nem posso ser louco nem alienado pelo que eu mesmo escrevo, pois sigo o PETISMO e seus dogmas verdadeiros, anti-alienação (a saber: «é gópi, é gópi, é gópi»; «ilegítimo [Temer]»; «midiota»; «LUZ para todos»; «20 milhões na classe média»; «fascista»; «sem crime de responsabilidade»; «casa grande e senzala»; «Pronatec»; «velha mídia»; «coxinha»; ; «mídia hegemônica» [espécie de demoninho ou capetinha muito danoso a minha religião]; «Rede Globo é golpista»; «PiG»; «Estados Unidos, o Império»; «mídia golpista» etc. etc. etc. etc. — esses são todos os nossos sábios dogmas, e OS MEUS!).

    Portanto devido a isso EU jamais posso ser alienado ou louco. Sou apenas petista, e amo minha deusa Mãe, — Mãe do PAC –, Coração Valente©, criada pelo João, o milionário, o Santana, mais conhecido no meio pelo apelido de O Feira. «O Feira» foi preso pela entidade do Mal, Sérgio MORO (de acordo com minha RELIGIÃO). Se minha religião falou que ele é do Mal, então ele é.

  2. João de Paiva disse:

    Caro Marcelo Auler, caros leitores.

    a Rede Golpe de Televisão deve adotar a mesma técnica que usa, quando faz entrevistas com atletas que ostentam bonés, camisetas ou acessórios de patrocinadores que não sejam patrocinadores da emissora golpista. Ou seja: não mostrarão as pessoas de corpo inteiro e não haverá panorâmica das arquibancadas, ao vivo, pois assim as faixas e cartazes de protesto serão exibidos. A direção da emissora instruirá os profissionais a fazerem closes do rosto de pessoas que demonstrem felicidade e apoio, ao ser focalizadas pelas lentes da vênus platinada; se aparecer um cartaz indesejável, corte imediato. Panorâmicas só de áreas em que prèviamente tenha se verificado ausência de cartazes com protestos contra o golpe de Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *