10 de março de 2017

Ainda o estupro ignorado

Marcelo Auler “É o velho machismo de sempre. Eles mataram Inês diversas vezes: seu corpo, sua reputação. Agora é a palavra dela que não vale nada”, […]