26 de novembro de 2015

Pará: rotina que “envergonha o gênero humano”

Marcelo Auler “O Pará mata de vergonha os paraenses e o gênero humano”. O desabafo acima é de um magistrado da Justiça do Trabalho no estado […]