A sobrevivência do blog precisa da ajuda dos leitores
11 de fevereiro de 2016
Um sopro no blog: “A Caravana Tonteira” lá em sampa
14 de fevereiro de 2016

Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias

Diante de uma reforma de prédio público em que se instalou um bar, com confortáveis banquinhos forrados, os delegados federais que clamam por mais verbas orçamentárias simplesmente se calaram. Coerência no discurso?

Marcelo Auler

Apesar de ter recorrido ao juiz Sérgio Moro, em dezembro de 2015, pedindo ajuda financeira para pagar a conta de luz e do combustível, a Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal do Paraná (SR/DPF/PR) torrou dinheiro, entre maio e julho do mesmo ano, criando uma “área social” no prédio que abriga o Grupo de Investigação Sensível (GISE) e a Delegacia de Repressão a Entorpecentes, ambos chefiados pelo delegado Maurício Moscardi Grillo. Uma verdadeira mordomia para poucos desfrutarem

Em um prédio público, onde policiais federais investigam tráfico de drogas, a cozinha está equipada como nas melhores residências, inclusive com uma lha gourmet.

Em um prédio público, onde policiais federais investigam tráfico de drogas, a cozinha está equipada como nas melhores residências, inclusive com uma lha gourmet.

Provavelmente, o sítio de Atibaia frequentado pelo ex-presidente Lula e seus familiares, que tanto trabalho está dando aos agentes federais da Força Tarefa da Lava Jato a ponto   de pedirem um inquérito só para investigá-lo, não chegue aos pés destas instalações em um órgão público.

A suntuosidade da reforma promovida na sala de refeições e na cozinha de dois órgãos de investigação, em um prédio localizado no centro de Curitiba*, contrasta totalmente com o discurso que delegados federais vêm fazendo de que faltará verba para as operações policiais. A origem do dinheiro, embora indagada não foi explicada pelo DPF, menos ainda pela superintendência.

É praticamente certo que não foi verba orçamentária. Através do site Transparência Brasil foi possível verificar que entre maio de 2015 (início da reforma) e dezembro do mesmo ano, os pagamentos efetuados pela superintendência a titulo de obras e reformas não incluíram nenhuma delas na capital do estado. Foram pagas reformas nas delegacias de Maringá, Guarapuava e Cascavel.

Restam, portanto, duas alternativas. A primeira, e mais provável, uma nova doação feita por algum juiz federal de Curitiba, com verba apreendida em operações policiais e confiscada em sentença. Para isso, porém, é preciso um pedido oficial que tramita em forma de processo e passe pelo crivo do Ministério Público Federal.

Os gastos sigilosos – A segunda hipótese, menos provável, seria o uso das chamadas Verbas Secretas (VS) que as superintendências do DPF recebem de Brasília, mas destinam-se especificamente a operações policiais. É um dinheiro usado, com o respaldo da legislação vigente, para pagar informantes em operações de porte, principalmente no combate ao tráfico de drogas. Ele só pode servir esporadicamente para comprar bens de consumo em situação emergencial. Jamais uma máquina de café Nesspresso ou uma ilha gourmet, para ficar em apenas dois exemplos de modernidades instaladas no prédio do GISE. A informação colhida pelo blog dá conta que, após a reforma do GISE, o DPF em Brasília reduziu à metade as remessas de da verba secreta para o Paraná. Normalmente eram enviados R$ 32 mil que caíram para R$ 16 mil. È mais uma informação que se espera a confirmação pelo DPF junto com a explicação da origem do dinheiro usado na reforma.

O que é fato e está no portal da Transparência, é que, em 2015, a Superintendência Regional do DPF no Paraná efetuou “gastos sigilosos, com pagamentos efetuados com Cartões de Pagamentos do Governo Federal” da ordem de R$ 352.458,74. Outros R$ 4.683.400,75, da mesma verba sigilosa, destinaram-se a diárias. As especificações destas despesas como constam do portal, são “bloqueadas”, por serem “informações protegidas por sigilo, nos termos da legislação, para garantia da segurança da sociedade e do Estado”.

Uma moderna churrasqueira, ao fundo, tem à sua frente a ilha gourmet com fogão e bancada acoplados, além de modernas cadeiras em acrílico. Na parede à direita, o forno de microondas.

Uma moderna churrasqueira, ao fundo, tem à sua frente a ilha gourmet com fogão e bancada acoplados, além de modernas cadeiras em acrílico. Na parede à direita, o forno de microondas.

A bancada gourmet, grudada a um fogão, localiza-se estrategicamente de frente para uma não menos moderna churrasqueira (acima). Assim, é possível a convivência harmoniosa entre o churrasqueiro e seus convivas.Um ambiente, bastante refinado. Apesar de se tratar de um órgão público, possui ainda um bar com um tampo em mármore preto e os banquinhos forrados, para aumentar o conforto de seus frequentadores (abaixo).

Um bar, com confortáveis banquinhos forrados, apesar de se tratar de um órgão público.

Um bar, com confortáveis banquinhos forrados, apesar de se tratar de um órgão público.

As informações levantadas pelo blog com diversas fontes dão conta de que o ambiente “é coisa de cinema”. Tanto assim que entre os policiais federais paranaenses o prédio do GISE agora é tratado como Taj Mahal

A possibilidade de o projeto ter contado com a participação de arquiteta e design de interiores não foi possível confirmar – uma vez que a Polícia Federal calou-se sobre a questão. Se realmente os dois foram acionados, surge nova dúvida: foi um trabalho remunerado ou à base do favor? Nessa última hipótese, será preciso analisar esse “favor” à luz do código de ética dos servidores públicos, que limita os valores de presentes/favores aos funcionários do governo.

Alojamentos precários – Curiosamente, os cerca de quinze agentes federais que ali trabalham todos os dias, apesar de disporem na sala de lazer de um sofá vistoso, forrado de manta para proteger o estofado branco e com confortáveis almofadas, repousados sobre tapete felpudo, não contam com alojamentos à altura do ambiente social criado.

O grupo de sofás na sala da televisão, fica sobre tapetes felpudos. Não faltou a manta para enfeitar e proteger o estofado branco.

O grupo de sofás na sala da televisão, fica sobre tapetes felpudos. Não faltou a manta para enfeitar e proteger o estofado branco.

Em outra área, o quarto que lhes é destinado, mantém beliches velhos, instalações antigas, inclusive sem um ar condicionado, segundo relatos feitos por seus colegas.

A inauguração da obra, com um churrasco no moderno equipamento, foi em agosto, após três meses de reforma (entre maio e julho). Ou seja, exatamente um ano depois de o juiz Sergio Moro ter liberado, da verba apreendida em operações policiais e confiscada pelo judiciário, R$ 1 milhão, pedidos pelo superintendente Rosalvo Ferreira Franco, em março de 2014, para a implantação de um sistema de câmeras de vigilância, monitoramento e alarme (Sistema CFTV), na sede da superintendência, em Curitiba, e em delegacias do interior.

Contas erradas – Mas, como narramos na reportagem Trapalhadas da PF-PR com a verba doada pelo juiz Moro, antes mesmo de usar a verba repassada pela justiça, Rosalvo voltou ao juiz, em março de 2015, com nova solicitação. Por causa de contas erradas, era preciso mais R$ 2,237 milhões, o que foi negado pelo magistrado e a implantação do circuito limitou-se à sede da SR.

Em novembro passado, o superintendente voltou a passar o chapéu junto ao juiz Moro, pedindo autorização para utilizar R$ 172.138,37 que sobraram do sistema de TV para o pagamento da conta de luz e de combustível. Mais uma vez ele errou na conta, o valor gasto foi maior: R$ 181.914,85. Na época, Moro, ao liberar os recursos, despachou:

Sérgio Moro liberou a verba alegando que a Operação Lava Jato não poderia parar. Foto Ajufe

Sérgio Moro liberou a verba alegando que a Operação Lava Jato não poderia parar. Foto Ajufe

“Embora não seja muito apropriada a destinação dessas verbas para custeio, as investigações da Operação Lava jato, por sua relevância, não podem ser interrompidas por falta de dinheiro para despesas básicas de custeio”.

Foi o suficiente para que a mídia, empenhada na campanha do impeachment da presidente, acusasse o governo Dilma de querer parar as investigações cortando recursos. Não apuraram que a mesma superintendência que dizia não ter recursos para a luz e o combustível, no final do exercício fiscal de 2015, devolveu R$ 1,4 milhão ao Tesouro Nacional como reafirmou nota de esclarecimento do Ministério da Justiça. Sem falar na despesa para instalar a churrasqueira do GISE, que continuava funcionando. E muito.

Criado para realizar investigações voltadas ao combate ao tráfico de drogas, mas não apenas elas, o GISE contou com maior autonomia até a gestão do delegado Paulo Lacerda, na direção do DPF. No Paraná, em 2007, sua equipe, em uma Força Tarefa com alguns dos mesmos procuradores que atuam agora na Lava Jato – Deltan Dallagnol, por exemplo – e com o apoio do juiz Moro, desenvolveu a Operação Fênix. Com ela, desbaratou a quadrilha do traficante Fernandinho Beira-Mar, e suas ramificações, que atuava em quatro países da America Latina.

Justamente por mexer com investigações sigilosas – não raro envolvendo policiais com traficantes – é que os GISEs em todos os estados – e há locais, como o Paraná, que são mais de um – se instalam em prédios distantes das Superintendências. Houve época em que eles eram subordinados diretamente à Brasília, reportando-se ao delegado Getúlio Bezerra, com muito mais autonomia. Alguns deles, nem tinham a presença de delgados. Eram só agentes que davam conta do recado. Tudo isso foi esvaziado na gestão de Luis Fernando Corrêa à frente do DPF, após o fim da Operação Satiagraha. Foi uma forma de tolher investigações que pudessem vir a criar problemas políticos.

O delegado Moscardi na premiação aos delegados da Lava Jaro pela Associação de Delegados da Polícia Federal - foto: reprodução.

O delegado Moscardi na premiação aos delegados da Lava Jaro pela Associação de Delegados da Polícia Federal – foto: reprodução.

Em Curitiba, desde janeiro de 2015, o delegado Moscardi está à frente do GISE, por desfrutar da confiança do chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado (DRCOR), Igor Romário de Paula. em meados do mesmo ano, ele passou a acumular a chefia da DRE.

Moscardi, como subordinado da delegada Érika Mialik Marena (chefe Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros – Delefin), presidiu em 2014 sindicâncias importantes em torno da Lava Jato, como a dos vazamentos de informações mantidas em segredo de justiça para a imprensa e a do grampo encontrado na cela de Alberto Youssef.

As dos vazamentos não se teve notícias. Na do grampo, ele concluiu que estava lá desde 2008, desativado. Meses depois foi desmentido pelo agente Dalmey Fernando Werlang, que assumiu perante o delegado Mario Henrique Fanton, ter instalado o equipamento a mando de Igor Romário, mas com a complacência do superintendente Rosalvo e do delegado Marcio Anselmo Adriano, que cuida de toda a Operação. Também a agente Maria Inês, que trabalhava com Werlang, confirmou a instalação que ela ajudara a fazer. Por fim, a perícia do DPF em Brasília, conseguiu recuperar conversas de Youssef na cela, captadas pelo aparelho que Moscardi concluiu estar desativado.

Oficialmente, Moscardi não fez parte da Força Tarefa, embora tenha atuado em algumas operações. Mas, mesmo após se saber que presidiu uma sindicância feita,aparentemente, para encobrir um possível crime, ele acabou premiado pela Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) junto com outros colegas da Lava Jato.

Questões sem respostas – A Polícia Federal, que se empenha em cobrar do ex-presidente Lula informações sobre a reforma do sítio de Atibaia e que montou a Operação Triplo X, para investigar um triplex do Guarujá, quando é questionada sobre seus atos e a forma como utiliza o dinheiro público, fecha-se em copas. Como se fosse um ente governamental à parte, sem necessidade de prestar contas ao público.

Na quarta-feira à noite, um e-mail foi enviado para o corregedor geral do DPF, Roberto Mario da Cunha Monteiro, para o superintendente do Paraná, Rosalvo Ferreira Franco, o chefe da assessoria de comunicação social, Leonardo Lima, o próprio delegado Moscardi e a assessoria do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, com algumas perguntas. Na quinta-feira pela manhã, ao mesmo e-mail anexamos uma das fotos postadas acima e insistimos nas questões enviadas na véspera, a saber:

1) houve a reforma do prédio? 2) Ela estava prevista no orçamento da Superintendência ou foi feita com nova doação da Justiça Federal? 3) Neste caso, qual o número do processo em que foi feita a solicitação de recursos e em que ele foi deferido? 4) Qual o valor deferido e o valor efetivamente gasto? 5) Gostaria ainda de saber qual o numero do edital da licitação e os detalhes da mesma: quantas empresas retiraram o edital? Quantas apresentaram propostas? Qual a vencedora? E com qual valor? 6) Na medida do possível, tenho interesse em saber se o projeto da reforma foi desenvolvido dentro da Superintendência, ou foi feito por alguma equipe de Brasília ou de algum outro órgão público? 7) Houve necessidade da mudança dos equipamentos, isto é, mesas, cadeiras, armários, arquivos, material de escritório ou de qualquer outro móvel necessário ao funcionamento de uma delegacia? Se sim, a compra foi por licitação?

No e-mail eu ainda questionava sobre o pagamento a estagiários que atenderam a Moscardi no GISE, em 2015, depois de encerrado o contrato com a empresa que forneceu jovens estudantes a toda a Superintendência.

Apesar de estar em férias, o que só soube no final da tarde de quinta-feira, o chefe da assessoria de comunicação social, Leonardo Lima, me respondeu na mesma noite querendo detalhes da pauta uma vez que, segundo ele, “aparentemente, há dados que não se relacionam”. Na resposta, abri mão das informações sobre o estágio e insisti nas perguntas sobre a reforma. Como nada recebi até quinta-feira à tarde, voltei a procurar a Comunicação Social, sendo atendido pelo Guilherme, que me comunicou das férias de Lima. Novo e-mail foi enviado, mas o silêncio prossegue até agora. Resta saber a quem a Polícia Federal irá explicar toda esta reforma no prédio? Pelo jeito, irão anunciar mais uma sindicância, cujo resultado nunca chegará ao público.

* Embora seja um prédio público, conhecido de muitas pessoas em Curitiba, o blog se reserva o direito de não divulgar o endereço por tratar-se de local  destinado a investigações especiais.

Leia ainda as outras matérias sobre a Operação Lava Jato e Polícia Federal já postadas no blog:

Lava Jato revolve lamaçal na PF-PR”.

O grampo da discórdia na Lava Jato

Calúnia na PF-PR: juiz rejeita denúncia e critica MPF

Surgem os áudios da cela do Youssef: são mais de 100 horas

Lava Jato: o polêmico organograma

Satiagraha & Lava Jato: dois pesos, duas medidas

Lava jato: um fato, duas versões da PF-PR. Mentira?

Lava Jato: surgem mais grampos na PF-PR. “Grampolândia”?

Grampo da Lava Jato: aproxima-se a hora da verdade

Lava Jato chega ao TRF-2: e agora?

Lava Jato: DPF delega investigação do vazamento

Lava Jato: Adivinhem quem estava na cela com Cerveró?

Lava Jato: surge nova denúncia de irregularidade

O mistério do ministro Cardozo em Curitiba

Operação Sangue Negro atinge governo de FHC

Lava Jato no Rio esbarra na falta de tecnologia

Investigações da Lava Jato: dois pesos e duas medidas

Briga por verba reflete a briga contra Dilma na PF

Briga da PF com Dilma: correção necessária e desconfiança descabida

Trapalhadas da PF-PR com a verba doada pelo juiz Moro

Polícia Federal ontem e hoje: de FHC à Dilma Rousseff

Lava Jato: Moro reacendeu as suspeitas do grampo ilegal na PF
Compartilho: Lava Jato e a bosta seca
O freio suíço na “marcha para frente” de Moro

Delegados da PF sobre o japonês: “vexatório, tragédia, patético”
 

94 Comentários

  1. […] Curioso é o fato de Daiello não ter se preocupado com isto, sabendo, como é do seu conhecimento, que Moscardi, com apenas cinco anos na condição de delegado, ainda não merece total confiança para casos mais complicados. Como o Blog vem mostrando ao longo dos últimos 20 meses em várias das 67 reportagens feitas sobre os bastidores da Operação Lava Jato – veja lista das postagens ao final desta reportagem – além do despreparo, há a falta de credibilidade. Não à toa, recentemente, a Justiça Federal do Acre anulou todo o trabalho por ele feito na Oper5ação G-7, há três anos, quando quis jogar nas costas do PT caso de corrupção. Ele também ainda não foi cobrado, por exemplo, da até hoje não explicada reforma do prédio do Grupo de Investigações Sensíveis – GISE – Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias. […]

  2. Jose Silva disse:

    Interessante

  3. disse:

    Esse artigo ajudou a esclarecer muitas dúvias, é sempre bom encontrar pessoas dispostas à ajudar, parabéns pela iniciativa, ótimo trabalho.

  4. […] grande reforma instituindo várias mordomias, como o Blog denunciou em 11 de fevereiro de 2016 em Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias. As reformas no prédio que o dotaram de uma cozinha gourmet, churrasqueira e um bar, jamais foram […]

  5. […] Policia Federal sem verba para a Luz, mas com mordomias (11/02); […]

  6. […] Policia Federal sem verba para a Luz, mas com mordomias (11/02); […]

  7. […] criadas no prédio ocupado pelo Grupo de Investigações Sensíveis (GISE) conforme denunciamos em Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias, perdeu seus cargos de […]

  8. Arthur disse:

    Queria saber que merd… de luxo é essa que vcs estão vendo? 3cadeiras altas, uma bancada com espelho, uma churrasqueira, um sofá ajeitado e 3 poltronas. Tá, se aí tiver que conversar com o Sr. MINISTRO CARDOZO pode? Se for o dono da ODEBRECHT pode? Se for o LULA LADRÃO pode? Cambada de PTista vagabundo, inventador de mentira, antes quando não tinha nada, VCS vieram dizer que o ZÉDI estava “sendo maltratado”. Agoar, é luxo. Tá bom. Posso ir no apto. do SR. MARCELO AULER para ver se o condomínio não tem a mesma coisa ou PIOR?
    O luxo pode ser um tapete branco ou uma porcaria de um pano roxo??? Vai tomar no uc! Que fortuna foi essa que foi gasta? Por que não falam das cadeiras dos magistrados do STF que foram todas trocadas e caríssimas? Ah, esqueci, quem fez isso foi o PT, não é mesmo. E com que licitação? Quem forneceu mesmo era dono do que?
    A PF é lugar sério e tem gente séria lá. Não custa nada as esposas de alguns juízes terem doado ou feito alguma coisa para eles. Sabe por que? Porque eles trabalham em bons vencimentos, não precisam de roubar nem ganham dinheiro do ParTido de ladrões no poder.
    Tem mais, os PFs em mais o que fazer do que dar tiro, tem de prender, investigar, descobrir e estão cheios do lado deles, de prisioneiros que são bilionários. Mas, se alguns deles pagar do próprio bolso para colocar aquilo lá (e não custa) vem Vcs FDP falarem merd… mas, os seus presos GENUÍNO, ZÉDI e a cambada toda de esquereda, por que Vcs não mostram o que eles levaram para a PAPUDA? Por que não dizem das refeições deles, das mordomias deles na prisão? E quem pagou por isso?
    A mediocridade do PT é eternamente isso, são CÍNICOS, MENTIROSOS, BANDIDOS,SEM VERGONHAS, SEM CARÁTER, tudo por essa merd… de ParTido, MALUCOS! FABRICANTES DE NOTÍCIAS.
    Complemento, para os incautos: (PSDB = PMDB = PT = P = PTB = PC = PS= DEM= …) = MDB = ESQUERDA COMUNISTA. Entendeu?
    Briga de PT PSDB é conversa para enganar trouxa, são sócios.

    A PF não tem nada com isso e isso que Vcs fazem dá nojo. Com tanta bandidagem aí, de LULA, DILMA, FHC, AÉCIO, CUNHA, CALHEIROS, TOFFOLI, JANOT, CARDOZO, LEWANDOVSKI e Vcs falando de uma porcaria de cozinha… falta de argumento e de assunto. Palhaços!

  9. […] respaldou-se nas informações aqui noticiadas na quinta-feira, dia 11/02, na matéria Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias. Nela mostramos que com essa reforma criaram em um prédio público, com verba de origem […]

  10. […] e lanchas paradas retratam lado B da PF” com as aqui postadas na quinta-feira (11/2), Polícia Federal, sem verba para a luz, mas com mordomias. Já que o jornal não fez tal comparação, agradeço, faço aqui e lanço a […]

  11. M.M.M disse:

    O escritório do delegado da Lava Jato é o retrato do Brasil. Uma moeda forte não resolveu nosso problema, tirar milhares de pessoas da miséria não resolveu nosso problema, ser governado uma década pela direita e outra seguida pela esquerda, não resolveu nosso problema…Porque?
    O PROBLEMA DO BRASIL É JUSTAMENTE O ESCRITÓRIO DO DELEGADO…
    ENquanto não entendermos e mudarmos nosso carater e emtendermos que uma corrupção um desrespeito a sociedade um gasto para fins pessoais do dinheiro publico não
    é dimensionado pelo tamanho e sim pela ATITUDE de cada um de nós, infelizmente continuaremos nesse mundinho de “coxinhas x petralhas”… repito : o escritorio do delegado é o retrato, assim como a grande maioria dos brasileiros pensam, que se dizem cacadores de corruptos, na verdade, com aparece uma “boquinha” ai não tem problema. Se na justiça no MPF e na Polícia Federal isso se institualizou tambem e agora é descaradamente e ate defendido sem vergonha e sem pudor algum é porque chegamos literalmente no limite no fundo do poço.
    Temos que zerar absolutamente TUDO não tem AÉCIO nem LULA que fará algo diferente. Se não quisermos perder 2, 3 décadas pra frente, se não quisermos correr o risco de daqui pra frente as coisas piorarem, porque sim, a LAVA JATO, piorou e muito a situação porque colocou as instituicoes publicas da Justica,apoiada pela mídia que ja esta a decadas nesse jogo, tambem na politicagem do “o que VALE é a corrupção dos outros”, precisamos exigir não a saída da Dilma ou do PT do poder e sim UMA NOVA CONSTITUCAO CALÇADA EM UM NOVO MODELO EM NOVOS VALORES… pensem nisso. É simplesmente a verdade..nos podemos mudar o Brasil. Mas só existe esse jeito. O resto é paleativo.

    # somostodoshipocritas

    • Manu disse:

      Vamos relevar que a casinha de boneca é aceitável, mas me diga de onde veio o dinheiro para essa brincadeira ai, gastou-se no mínimo uns trezentos mil, agora me diga a suposta reforma do sitio de Atibaia não tem fotos não apareceu nada ainda é vergonha nacional, e a comprovada reforma da PF é o quê?

  12. João de Paiva disse:

    Um adjetivo resume a qualidade dessa reportagem: demolidora. O que posso dizer é que tuas reportagens têm incomodado muita gente. Basta ver o que os boquirrotos nazifascistas estão ‘defecando’ como ‘comentários’ aqui no blog. Continua nesse ritmo e não poupes o MP nem o sérgio moro, os quais também devem ser desnudados e desmascarados. Amanhã deposito minha contribuição. Vida longa e boa sorte, grande repórter.

    • Gonçalo Silva disse:

      Muito importante essa tua postagem meu caro João.
      Os policiais, executores diretos dos abusos, estão sempre mais expostos.
      Mas não há duvida, nessa história, todos sagem de tudo, a força tarefa toda é cumplice, co-autora, participe, de todos os abusos e crimes.
      E a nação não vai descansar até tudo, tudo, TUUUUUUUDO, ser passado a limpo.

      EU AINDA ACREDITO NA VERDADEIRA POLICIA FEDERAL, NO VERDADEIRO MPF E NA VERDADEIRA JUSTIÇA FEDERAL DO BRASIL.

  13. Advogada disse:

    Esse último comentário sobre o banestado, delegada Erika na condução da operação, Delegado Márcio Anselmo como escrivão porque ele de fato entrou na PF como delegado em 2007 apenas, Delegado Igor como delegado da operação junto com Erika e sua esposa Daniele.
    Se realmente algo de errado houve no caso banestado para não dar em nada, a Corregedoria da PF tem que apurar a fundo essa PF do Paraná.
    Quem era o superintendente da PF no periodo??? Tem que remexer a bosta seca!!!
    Some-se a isso tudo o noticiado na carta capital desse fim de semana, onde mais fatos de tentativa de manuseio ilegal de provas da Lava Jato foram noticiados envolvendo a labogen, Nelma Kodama, Delegado Mauricio Moscardi e policial Massuia.
    Onde vamos parar???
    Cadê a Justiça que está cega???
    Será que não existe pessoa com bom senso e razão no Brasil para perceber que existe algo de errado nessas tais operações, porque jornalista não fica criando boatos sem fundamentos há meio ano já sobre o mesmo assunto.
    Cada hora uma novidade numa matéria de 10/20 laudas!!!
    Daqui a pouco se descobre ou se fala que o agente da PF carcereiro que mandava flores para Nelma Kodama já não se suicidou.
    Essa história está muito macabra e mal contada e ninguém toma qualquer providência.
    Por outro lado, caso fosse tudo mentira, os policiais da lava jato já teriam exercido seu direito de resposta e calado judicialmente esse jornalista que desde agosto de 2015 denuncia quinzenalmente fatos gravíssimos e que se inovam entre si, sempre com os mesmos personagens.
    Ninguém quer um Brasil livre da corrupcao e sobre a ditadura “Iraquiana” (dos bons tempos de Udai, Sadam e outros tantos) de se incriminar qualquer pessoa inocente que não concorde ou se oponha a esse sistena irracional que têm sido denunciado por esse blog ou em outros meios de comunicação!!!
    Que negócio é esse de preso da Lava Jato ficar na sede da PF por tempo indeterminado se for bonzinho com o sistema ou ir ao presídio de Piraquara se fazer mimimi, para delatar, lugar onde o bicho pega???
    Sede policial é para preso não ficar mais que três dias, no Brasil inteiro é assim!!!
    Nelma não delatou em meses de prisao na PF, o que ja é errado (pois todos os presos devem ir o quanto antes ao presídio e qualquer coisa manda levar e buscar de volta) daí sim que vai para o presídio e depois volta para a PF, onde comeca a delatar, e ali fica. Que bagunca é essa. É normal isso???
    Será que é alegoria encantada do jornalista, para aqueles que falam que é materia comprada oara proteger o PT???
    Contra fatos não há argumentos!!! Se esses policiais da Lava Jato estão tomando porrada sem revidar é porque é melhor deixar a bosta sempre seca. Se mexer vai impestiar o Brasil com seu fedor!!!

  14. Antigão GISE disse:

    Trabalhei por um tempo nessa base, era um local adequado como as outras bases pelo brasil. Acho que o problema maior de tudo não é a decoração ou o dinheiro que foi gasto, o problema é que a pf não está mais aguentando essas guerras de vaidades que existem hoje, entre delegados e agentes, entre politiqueiros e policiais sérios, entre policiais marketeiros que só buscam a próxima manchete e os que põe a mão na massa de verdade. estamos no fundo do poço ou chegando lá.
    Que apurem a legalidade dos gastos aí no gise pr.
    Sei por vários colegas que essa equipe da lava jato andou perseguindo um apf que já estava fora da PF, e que é um dos que se coloca contra os abusos da operação. Acho estranho, porque cansei de ver esse apf despachando com diversos juízes, aparentando muita confiança e respeito entre as partes, dentre os quais principalmente o próprio Moro e também o Corat da vara de inquéritos do estado, e incluo aí procuradores da república também.
    Bem, não sei se é tudo verdade o que falaram, mas sei que as carreiras do delegado francischini e do mesquita, atual secretário do paraná, foram feitas nas costas do trabalo desse apf, que foi um dos executores nas operações do mexicano e do beira mar com a vara do Moro, do abadia, etc etc etc. Fora os trabalhos e contatos com policiais da pf e de outras policiais pelo brasil.
    Se tentaram foder esse colega porque ele denunciou ilegalidades da lava jato, se preparem, porque a hora que ele falar a coisa vai ficar interessante.
    A impressão geral na pf, de quem vê de fora, é que tem muita gente querendo falar, muita gente cansada, com muita coisa pra falar.

    • paul moura disse:

      Grato pelas informações. Elas são muito coerentes.

    • C.Paoliello disse:

      Policiais modelos, pelo que sei, foram também os que atuaram no Caso Banestado, arquivado no mais fundo dos baús, claro, só tinha tucanos envolvidos. A lava jato é coisa de trombadinha perto dos bilhões desviados no Caso Banestado.

      • Rigoberto Uran disse:

        Com certeza jovem.
        Aliás, olha só que coisa. Caso banestado, o delegado chefe da força tarefa era um tal de Erika Marena (vulgarmente denominada “a casca de ferida”, pelos outros colegas da delefin, principalmente de são paulo). Seu escrivão era Marcio Anselmo (vulgarmente denominado Marcinho voz fina). Outros delegados que trabalharam lá eram Igor Romário, Daniele Gostheinramaer, Luciano Flores de Lima.
        Agora adivinha filhote. Todos tão na vaza jato!!!! todos!!!!
        Lá atrás, todos eles, mais o mesmo juiz e os mesmos procuradores, enterraram a investigação do banestado (não teve um operador preso, não teve escandalo, perseguição, não teve repatriação de dinheiro, não teve porra nenhuma, só 70 bilhões virando pó, e não dando naaaaaaaaaaaaaaaaada, só acochambramento, kkkkkkkk).

        Mas claro, isso tudo é uma coincidencia, e além disso, isso tudo não vem ao caso.

        • C.Paoliello disse:

          Em discurso no Senado, Requião diz que os valores “desviados” ascendiam a cerca de 124 bilhões de dólares, mais que a dívida externa brasileira da época, na chamada Operação Macuco, essa sim uma investigação séria.

    • Januário disse:

      Meu caro, essa matéria apenas mostra a realidade da pf atual, que é exatamente a mesma realidade da pf desde que ela foi criada em 2003.
      Porque antes de 2003, aí sim, a pf era uma favela, um amontoado de tempra, fusca, prédio velho e podre, e barco, se tivesse, era voadeira mm.
      Não se iluda, você está em meio a uma guerra de desinformação, cujo campo de batalha é a mídia.

      • Manu disse:

        A questão é que houve um exagero nos gastos e luxos, a questão é que não se sabe de onde veio o dinheiro, a questão é prioridade dos gastos, a questão é de onde vem o dinheiro para as festinhas as sextas-feiras………garanto que deve ter outras prioridades na DPF

  15. Pedro Augusto Pinho disse:

    Caro Marcelo
    Procure ler o artigo assinado por Dom Phillips, em The Washington Post, de dezembro
    23, 2015, em especial o penúltimo parágrafo: “Moro has said he learned from …”

  16. Marcos Souza disse:

    Realmente, se compararmos essa copa/cozinha da PF com as pocilgas em que esses fracassados blogueiros e jornalistas fazem suas refeições, realmente , essas instalações da PF são nababescas. Acho que nem Zé Dirceu, nem Lula, nem Marisa Letícia, a muda, tiveram a oportunidade de terem em suas residências algo tão luxuoso !

  17. Manu disse:

    PF chacota nacional

  18. LaLau disse:

    Sera que é moral espoliar os bens do Paulo Roberto Costa, como seu carro de 300 mil reais, que foi presente do Youssef a ele, e usa-lo para ostentação?
    A lei deixa ir com o carro na academia cia atletica do shopping Birigui e depois ir pra casa dormir?
    Acho que pode né, pois só super herói trabalha no gise e eles estão de prontidão 30horas ao dia.
    Capitão Alexandre, solta as fotos do dotô chegando no trabalho no carro do Costa da petrobras, dia apos dia.
    Gastos pessoais zero!!! A LJ paga a mordomia pra quem tanto a ajudou.

  19. Manu disse:

    Os Dotô não marca ponto não, vida boa hein, carro 24 horas por dia, 7 dias por semana, mas não tem uma lei que proíbe o servidor público ir embora com carro da União, esqueci, não vem ao caso

  20. Cabeça de maçã disse:

    Ana Maria Braga iria preparar uma sopa de escroto de bufalo e de sobremesa sorvete de Itu de groselha.
    Esse dotô só trabalha a meia hora diária efetiva a base de muito luxo e picolé.

  21. Manu disse:

    Só falta convidar a Ana Maria Braga e o Louro José para preparar a especialidade do Dotô

  22. Manu disse:

    Essa dependências da PF é padrão no Brasil todo ou é só no Paraná. Sugiro um concurso entre DPF de todo país. Envie as fotos para o Marcelo, vamos eleger a casinha da Barbie mais bonita.

  23. Manu disse:

    A PF ficou literalmente de quatro nesta história ai……..

  24. geração pirulito disse:

    Gostaria de saber se os churrascos de sexta feira no gise parana, mais conhecido como cafofo da barbie, regados a picanha e cerva a rodo, sem nenhuma contribuição individual dos presentes, também é fruto de VS? Porque caso seja vou vomitar tudo.
    E as centenas e centenas de refis de cafe nexpresso que custam uma fortuna e que o Moscardi serve, do barzinho que ele criou no local, ate pro pedinte da rua uma dose, sera que é fruto de VS também? Se for, quero vomitar os que tomei.
    Queria saber o que esse reprovado no psicotecnico fez no gise de sp. Fiquei curioso! Deve ter criado um bercário no local, no mínimo.
    Será que a câmara do TRF1 que esta com a ação do psicotécnico desse garoto prodígio sabe o quanto ele é vocacionado para o cargo?

    • paul moura disse:

      Hummm cacete cor de rosa.
      Você deve ter muito mais coisas pra nos contar.

    • ...... disse:

      Já ouviu falar em “espólio de guerra”? Velha prática de bandidos que se dizem policiais?
      O Marcos Souza ali encima já ouviu falar. Mais do que ouviu, hehehhe

      Com relação a essas compras com VS, um passaralho me contou que sumiram com o CPF de um mendigo que costumava dormir ali debaixo da marquise do GISE/PR. De um mês pro outro esse mendigo virou o maior informante da PF no país….. unico pobrema é que lá eles não apreendem porra de nada… tá feia a coisa.

      • Marcos Souza disse:

        E você já ouviu (ou viu ) falar num livro chamado gramática da lingua portuguesa? Lá diz que a forma correta de se escrever é ” em cima ” e não “encima” . Ah, que falta faz aos petralhas um pátria educadora ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  25. Marcinho tarado disse:

    Que coisa! Que luxo! Que farra com dinheiro publico! Mas até que o lugar ficou bom para uma festinha gostosa com meus amiguinhos!!!!!!! Adorooooooooooooooo!!!!

  26. M.M.M disse:

    Realmente a PF ta sucateada… moralmente.

  27. Comedor de Cascavel disse:

    Os delegados da lava jato se ajoelharam frente a projetos de poder partidários/políticos, e um muito pior que isso, pois pessoal, doentio.

    Ontem eram os salvadores do Brasil.

    Hoje, se sabe lá como estão.

    Amanhã olharão pro lado, e não haverá procuradores intocáveis, muito menos juiz justiceiro, não vai ter nada, NADA! Nem a imprensa. Nem o Fausto Macedo.

    Nada…..

  28. Comedor de Cascavel disse:

    Rosalvo, Igor, Washigton, Daniele, Erika, Márcio, Mauat.
    Todos se ajoelharam diante de projetos de poder ao qual não deviam qualquer tipo de satisfação (projetos de grupos políticos partidários, e um projeto pessoal mesmo, doentio!).

    Ontem, estavam na cristã onda, os salvadores do país.

    Hoje, se sabe lá como estão.

    Amanhã, vão olhar pro lado

    • C.Paoliello disse:

      O que mais me entristece em nosso país, e esse blog tem comprovado, é que as pessoas de bem são perseguidas e os corruptos protegidos pelas instituições ditas “republicanas” que deveriam estar a serviço dos bons cidadãos. É uma total inversão de valores e direitos.

  29. Xifrudo disse:

    Respeito o repórter, mas o equívoco nesta reportagem é flagrante….o ambiente de trabalho é um local que deve ser sempre o mais adequado possível…DPF Moscardi é um cara de respeito…probo e extremamente trabalhador…ele é bom mesmo em arredondar sindicância…isso é a especialidade dele…vai perder o empregonpor isso…mas tudo bem…está na PF mediante decisao judicial precária….não passou no psicotecnico…P fazer essas barbaridades só podia não ser bom de cabeça….agora aguenta….um passarinho me contou q vai em cana….

  30. delebambi disse:

    Eu tenho um palpite do que aconteceu na base gise do Paraná.
    Primeiro: nenhuma verba ali empregada foi gasta sem antes passar pela superintendência da PF no Estado. Então não existe qualquer desculpa sobre a origem do dinheiro ser para gastar no gise ou não. O gasto evidentemente foi impertinente porque dinheiro não aceita desaforos, ainda mais o público, para enfeites e reformas dignas de uma casa de bonecas.
    Segundo: O senhor Mosca branca tinha um sonho de infância de ter uma casa de bonecas e agora conseguiu realiza – lo com verba pública destinada ao combate ao narcotráfico. Até manta cor lilás em cima do sofá tem, kkkkkkkkkkkk.
    Terceiro: o moço tinha até secretária particular também, sra Cela Mari. Será que mil iens valeria o servico por mes?
    E pros curiosos de plantão que dizem que os comentários são de analfabetos covardes, saiba que todos servidores da PF trabalham sem motivação política, exceto num único caso veiculado na mídia como os delegados a custas. Coloca lá na pesquisa pra saber quem são.

  31. Mario disse:

    “MARCELO AULER É AQUELE REPÓRTER CHATO ( MAS NÃO MAIS QUE O AÉCIO !!!) QUE FICA QUERENDO SABER COISAS DEMAIS , POR ISSO A PF IGNORA ELE, MAS SE FOSSE O NOSSO VAZADOR OFICIAL DA FOLHA QUE TODA MUNDO SABE QUEM É ,AQUELE MESMO AMIGO DAQUEEEEELA DELEGADA , AÍ RESPONDEMOS TUDO ANTES MESMO DELE PERGUNTAR ! … MAS PRO AULER.. NÃO VEM AO CASO… DEIXA ELE FALANDO SOZINHO MESMO.AFINAL A PF É NOSSA E NÃO DEVEMOS SATISFAÇÃO PRA NINGUÉM. QUE CARA INCONVENIENTE ESSE AULER VIU….

  32. SS SABE TUDO disse:

    ISSO AÍ FOI TUDO PAGO COM VS DA SR, CALÇADO EM RECIBOS FALSOS DE INFORMANTES……

    PS. QUEM MANDOU MECHER NO VESPEIRO, AGORA A MAMBA NEGRA TÁ CHEGANDO….

  33. Manu disse:

    churrasqueira em um um local de trabalho da união é demais da conta, parabéns aos probos que se posicionaram, que realmente são servidores públicos de verdade

    • Regina bsb disse:

      Ter churrasqueira nem acho absurdo.
      Triste é imaginar como essa obra foi financiada…. Cadê a licitação, cadê os recibos, os empenhos, cadê tudo???
      Ah, cadê a sindicancia do grampo???

  34. FJP disse:

    Prezado M. Auler
    “Resta saber a quem a Polícia Federal irá explicar toda esta reforma no prédio?”
    Pode até ser que alguém venha a dar as explicações – que JAMAIS vão ser vazadas – , no entanto, seguramente, não será o Rolando o Lero….

  35. Márcio Moura disse:

    Esse delegado ai pode tudo porque se ele abrir a boca a cúpula toda da PF de Curitiba vai em cana. Só isso. Aí nego da medalhinha , escritorio bonitinho, tudo pra mantê-lo no controle. Quero ver quando sair o resultado da sindicância da sindicância se ele vai matar a bronca no peito sozinho… la em Brasília foi na onda do HC do chefe e calou a boca, quando sobrar a naba pra ele abracar ai que eu quero ver os parceiros.

  36. epf pr disse:

    será que o Moscardi vai fazer delação premiada?

  37. Rodrigues APF disse:

    Tivemos um comentário que foi deletado – corretamente deletado pelo moderador -, em que um sujeito que se fez passar por policial, disse que todos os petistas que ele conhece na PF são vagabundos, e chegam ao final da carreira sem disparar um tiro. Sou policial há 25 anos, de campo, e vou fazer algumas considerações.
    1- Ninguém sabe qual é o partido de preferência dos policias federais, porque em geral as pessos são sérias e honestas na PF, não tem partido, e se tem, guardam essas informações pra si. Nunca vi alguém andando com livro sobre política debaixo do braço, ou sequer falando de política, na PF.
    2- 98% do efetivo da PF aposenta sem nunca ter chegado perto de disparar um tiro em campo, em ação, isso é fato, e não é demérito de ninguém, pelo contrário. A PF é uma polícia eminentemente investigativa, de planejamento e execução, e uma missão perfeita é – ou costumava ser – aquela em que tiros não são dados, em que ninguém se machuca.

    Conclusão: De duas uma, 1- esse sujeito é um fanático político maldoso, um troll, que nada sabe sobre a PF, e veio aqui tumultuar o ambiente democrático e correto que o blogueiro nos proporciona, ou, 2- mais provável, ele deve ser um dos policiais da lava jato, um dos “bate pau” da SR/PR, que tá borrado de medo com as revelações que aqui são feitas, e como não tem personalidade, e é um pau mandado, se dispõe a fazer todo tipo de sujeira e sacanagem pra tentar desacreditar quem denuncia os desmandos e ilegalidades dos seus chefes….. ou seja, como o referido delegado moscarde, é só mais um mané que vai pra rua em nome dos verdadeiros criminosos….

    • paul moura disse:

      Gostei, parabéns.

    • Marcos Souza disse:

      Deixe de ser babaca. A PF é um Polícia de frouxos. A PF não troca tiros; ela toma tiros ,, como tomaram os dois APFs que morreram no estado do Amazonas, como o EPF que agora há pouco levou quatro tiros em Goiânia. Deixe de palhaçada. A PF vive é de algumas operações que geram mídia, e só . Não tem há nada de planejamento de investigações. Os policiais são uns meros e reles entregadores de intimações, pesquisadores dos sistemas da PF

      • Marcos Souza disse:

        digo, pesquisadores dos sistemas da PF e operadores de telemarketing de luxo, que só sabem trabalhar se houver escuta telefônica, caso o contrário ficam mais perdidos que cegos em tiroteio nas investigações !

        • Sebastian Picad'ouro disse:

          O Marcos tem toda pinta daqueles pm machão que no final do plantão adora levar traveco pro escondido, pra tomar dura, heheheh, pra tomar geral, hehehe
          Alias, tá cheio de policial com esse perfil teampando na lava jato.
          Vai lá pedir uma boquinha Marcos.

          • Marcos Souza disse:

            O próximo travesti que vou levar para o final do plantão é um sujeito que tem a alcunha de ” Sebastian (a) Picad’ ouro”. Eu sei que essa alcunha é só história cobertura, pois ele gosta mesmo é de uma picad ‘ ouro , mas bem atolada no rabo ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  38. Juca Chaves disse:

    Esse delegado não é aquele de cavanhaque, gordo, que tava sentando à direita do deus pai, opa, quer dizer, do procurador partor evangélico, acho que Daltam o nome dele, naquela última coletiva?
    O mpf não é quem tem que cuidar dessas coisas de fiscalização de atividde da policia?
    E o tal do Daltam, não é o bicho da goiaba quando é pra cobrar uso de viatura, de vs, de td quanto é recurso, dos policiais que não puxam saco dele?
    Vou além, e esse pessoal todo do parana, mpf, policia, juiz, não são os caras mais certos do mundo, que tão passando o braziu a limpo…?
    eu não to entendento.. tem alguma coisa nisso tudo que não tá batendo viu

  39. Gabriel disse:

    Marcelo Auler,

    Voce nao conseguiu as fotos do gise antes da reforma? Porque dai voce mostraria a simplicidade que era o local, digno de um imovel da decada de 60.
    Pelas fotos da pra perceber que só uma pessoa sub judice ate hoje no concurso de delegado pra fazer tamanha barbaridade. Nem o gabinete do Clodovil ou uma reforma da socialite Vera Loyola chegaria a tamanha ostentacao e suntuosidade.
    Esse delegado Moscardi tem serios problemas. Quem o conhece sabe o tanto que é vaidoso, fresco e obstinado por poder e dinheiro.
    É muito fácil realizar obras públicas de dondocas com dinheiro de TAC ou VS e dai presta contas apenas mediante apresentacao de Nota Fiscal.
    O MPF tem que exercer urgentemente o controle externo dessa excrecencia e o TCU abrir uma tomada de contas especial pq esperar mais uma sindicancia picareta, especialidade da casa, nao vai dar em nada.
    Esse delegado Moscardi nao sabe desde que chegou no Parana o que é usar o carro particular, pois só anda 24h por dia de viatura do ano, sem pagar combustivel e impostos veiculares.
    Usou o carro do presidente da Petrobras, Carlos Roberto Costa, uma land rover Evoque, preta e blindada, como carro particular por meses. Ia trabalhar, almocar, pernoitar, malhar na academia e acha que ninguem viu ou tirou fotografia.
    Só largou o carro do Costa quando o juiz do caso Eike vatista foi aposentado pela mesma improbidade, mas como soh sabe viver as custas do Erario, imediatamente providenciou uma ix35 Hyundai semi zero e completa pra suprir suas necessidades 24/7.
    Essa impunidade do senhor diretor geral e do ministro da justica esta rachando a PF e fulminando sua credibilidade social.
    A PF PR é exemplar em punir e perseguir o PT, mas tem gente muito pior atras do balcão.
    Mas justica seja feia, a carreira meteorica do Delegado Moscardi teve seus precos. Suas chefias estrondosas no Parana em dois anos de casa veio precedida da operacao G7 contra o PT no Acre, que absolveu todo mundo nos tribunais, e das sindicancias que presidiu em favor da administracao da PF PR para encobrir seus erros ja divulgados por voce Auler.
    Esse garoto de ouro de tolo merece mais uma medalha!

  40. APF com medo de represália disse:

    Blogueiro, ensaio escrever aqui, mas me contenho, em razão da política de perseguição que existe na PF. só que hoje, depois dessa matéria, não vou me conter não senhor.

    Eu trabalhei nessa base GISE, e tambem no RJ e SP.
    A real é a seguinte. Os policiais que desenvolvem o trabalho sempre são os APF, esporadicamente um EPF ou papiloscopista que tambem atua como analista. Os delegados são os chefes da bases e, basicamente, apenas assinam ofícios modelo, encaminhando aos juízes os nosso pedidos de prorrogação etc
    Em muitos casos, até pedidos de encerramento, buscas e prisões, são feitos pelos investigadores, pelos “puliça”, cabendo aos “dotores” apenas o encaminhamento ao juiz (e as entrevistas né).

    Não tenho traumas com isso não, escolhi ser APF, prestei o concurso etc, e sempe quis ser polícia, não “doto”. Vejo que nas polícias civil, o papel do delegado é ainda menor ou pior, pois lá – onde já trabalhei – eles não fazem absolutamente é NADA!!! e tamem temos muitos delegados corretos e gente fina no DPF.

    Bem, o que quero dizer é que esse caso aí é uma vergonha. Conheci essa base antes dessa reforma, o ambiente era adequado, havia a churrasqueira, mesa, televisão, cadeiras etc, tudo normal, espartano, o que é de se esperar do local Me assusta a opulência do que foi feito, desnecessa´rio né.
    E assuta tambem o fato de que foi feito por esse sujeito. Esse sujeito ai que não vou dizer o nome, já trabalhou na base GISE em SP, comigo……. eu não confiava nele, varios colegas não confiavam nele, e ele teve problemas por lá, problemas sérios. Polícia é lugar de problemas, mas os dele foram bem sérios, não vou acusar ninguém, mas em se tratando dele, acredito em qualquer coisa. Se fuçar na forma como a reforma foi feita, vai dar merda, podes crer.
    Mas voltando. Aí o sujeito passou pra delegado e foi trabalhar lá no acre se não me engao, de dotô……, aí como sempre acontece no dpf, um dotô como ele, que faz tudo o que a chefia manda (e pelo que venho lendo aqui e ouvindo dos colegas em curitiba, é muita merda o que ele fez), um sujeito desse, só porque é dotô, não precisa se preocupar com nada….

    A verdade é que tem vários APF, e pessoas de todos os cargos, e administrativos também, que fazem um monte de merda na PF, pq tem autorização pra isso, são como o 007 (autorização pra matar), mas na PF é autorização pra fazer merda, de todo tipo.
    O segredo é um só. Eles fazem merda em nome dos outros, em nome dos chefes. ou alguém acha que um maluco que nem esse sai por aí gastando grana de vs pra montar puteiro, sem o chefe tá ciente? Da mm forma que algum idiota deve achar que esses vazamentos sem fim dessa operação aí não tem a ciencia e a anuencia de todos os envolvidos, incluindo judiciário e mpf né… tenha a santa paciencia..

    e quem sofre é a pf… cada vez mais desgastada, mais usada, mais dividida, mais doente, podre. só deus sabe o que vai ser dessa instituição depois desse monte de barbaridade que tão fazendo no paraná;

    • Marco Rellüe disse:

      Você não está com medo de represálias, você apenas é covarde meu amigo.

    • Marcos Souza disse:

      Com certeza esse aí é um dos poucos APFs petistas que existem na PF. Os petistas da PF são todos frouxos; vivem com algum livro de cunho esquerdista debaixo do braço e se escondendo do serviço. Não conheço um petista da PF que não seja preguiçoso. Muitos passam a vida toda lá sem dar um único e mísero tiro !

      • Pedro Pereira disse:

        agora fala pra nós como são os tucanos da pf? são corajosos, destemidos, enfrentam o trafico internacional de drogas, tipo a dos perrela?

        • mario silva disse:

          Ou são parceiros?

        • Marcos Souza disse:

          Não há tucanos na PF; há anti-petistas e uns poucos petistas preguiçosos !

          • Pedro Pereira disse:

            Larga de ser mentiroso, os delega da vasa a jato fizeram campanha declarada pro aecio. Isso não é ser tucano?

          • Marcos Souza disse:

            Caro imbecil petista ( redundância, né !). Ao contrário de vocês, fanáticos adeptos da seita petista, não encaramos partidos políticos como religião e nem reverenciamos políticos como deuses. Votar em Aécio não significa ser tucano, caro idiota, assim como votar em Lularápio ou Dilma também não significa ser petista. É o caso dos milhões dos dependentes do bolsa-família e dos pombais do minha casa minha vida. Votaram em Lularápio mas não tem o petê como religião e nem Lula como deus. Entendeu a diferença, nobre imbecil petista ?

      • Pedro Pereira disse:

        Já que vc ficou rotulando os “apf petistas” quanto a leitura de “livros de cunho esquerdista (??????)” vc podia falar quais os livros que os apf tucanos leêm, ou geralmente não leem nada, pq os tucanos que eu conheço não leem nada, livro nenhum, 99% analfabeto funcional, 1% vagabundo, de preferencia eles tacariam fogo nos livros se pudessem.

        • Marcos Souza disse:

          Caro idiota, não sei o que os APFs tucanos leem; nem sei se há tucanos na PF. Eu sei é que há muitos anti-petistas e uns poucos petistas. Eles são conhecidos como chatos , preguiçosos e frouxos e estão sempre tentando convencer a todos que o petê é o melhor governo do mundo; só isso !

          • Ricardo Souza disse:

            Marcos Souza, você também trabalhava vendendo cocaína na DRE?
            Eu fiquei sabendo que dava um bom dinheiro né.

          • Marcos Souza disse:

            Caro boqueteiro do petê. Meu negócios com a PF são bem rentáveis e bem menos arriscados. Mas se você quiser entrar no negócio de vender cocaína para a DRE, fique a vontade !

          • Pedro Pereira disse:

            Essas idiotices q vc falou, qq um com mínimo de informação sabe. Tanto q a gente vê o trabalho porco sem isenção q a pf realiza hoje.

        • Marcos Souza disse:

          Eles leem e leem muito e estudam , ao contrário dos preguiçosos petralhas. A prova é que órgãos Policiais , Ministério Público e Judiciários estão infestados por tucanos. Não conheço juízes ou promotores/procuradores petistas, pois estes ( os petralhas ) não conseguem passar nesses concursos devido ao baixo QI. Isso ocorre em razão da microcefalia que acomente essa raça inferior !

          • Pedro Pereira disse:

            Caro tucano covarde imundo, a sua falta de caráter e covardia demonstra como os tucanos idiotas como vc, devem ficar o mais distante do poder possível. E eu farei sempre o possível para garantir isso.

            Agora, esse papo de raça inferior sr. tirou da onde, o anti petista é o anti semita brasileiro?

            O fato dos concursados serem na sua maioria estudantes de escolas particulares, nerds maricinhos sem identidade cultural com o Brasil e seu povo, cheios de preconceito de classe, e enxergam com desenho e superioridade os mais pobres, não fazem eles melhores do que ninguém.

            Simplesmente são máquinas de decoreba, sem cultura, não lêem história do Brasil e da AL, nem literatura brasileira, já que possuem um enorme complexo de inferioridade. Coisa de tucano covarde que nem o Sr.

            Inclusive conheço uma futura promotora que burlou os 3 anos de prática jurídica, nos quais ele pode se dedicar exclusivamente aos estudos, uma patricinha ignorante sem conteúdo que só vivia de decoreba pra passar na prova, nao tem amigos negros ou pobres, e faz questao de manter a maior distancia possivel. Duvido q um dia ele venha a ler algum livro fora da sua área.

            Ou seja, a playbozada que passa nos concurso não são raça superior, apenas usufruem de inequidade social brasileira, da falta de oportunidades que deve ser dada à maior parte das pessoas.

            Por isso, é tão importante sabotar os governos petistas, já que mudar esse quadro social apavora os palyba vagabundo que nem o Sr.

            Até pouco tempo pobre não tinha casa própria, não frequentava Universidade. O que vai acontecer depois ocupar importantes cargos de administração? Que absurdo né? Caro tucano covarde.

          • paul moura disse:

            Ohh seu besta, você esta falando com um.

          • Marcos Souza disse:

            “Simplesmente são máquinas de decoreba, sem cultura, não lêem história do Brasil e da AL, nem literatura brasileira “Caro imbecil Pedro Pereira e você não lê nenhum livro de gramática da língua portuguesa , pois nem da ” inequidade ” social brasileira você usufrui. Ah, que falta faz aos petralhas uma pátria educadora ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Rogério Maestri disse:

        Caro Marcos.
        Em todos os países em que a polícia é organizada e trabalha mais com uma verdadeira investigação do que com a emoção, a maioria dos seus policiais se aposentam sem precisar dar um tiro e muito menos matar alguém.
        Talvez o Senhor confunda policial com filme de faroeste, onde na filmografia os “mocinhos” passam todo o tempo a dar tiros contra os “bandidos”.
        Seria bom que o senhor no lugar de ficar assistindo seção da tarde lesse alguns bons livros policiais como de Agatha Cristie onde seus personagens primam pela inteligência e não pela truculência.
        Eu sei que assistir um filme de Rambo ou coisas do gênero é bem mais fácil do que ler um bom livro, mas posso garantir, se o senhor conseguir chegar ao fim do seu primeiro livro o segundo será bem mais fácil!

        • Marcos Souza disse:

          “a maioria dos seus policiais se aposentam sem precisar dar um tiro e muito menos matar alguém.”. De que polícia você está falando , idiota ? Da polícia sueca, dinamarquesa, finlandesa ou inglesa? Faça o seguinte; pegue meia-dúzia de policiais , suba o complexo do Chapadão em Costa Barros, Rio de Janeiro, e tente prender ( sem disparar um único e mísero tiro ) aquele pessoal que torturou e matou dois jovens taxistas só por que eles, os traficantes, achavam que eles estavam passando informações à polícia. kkkkkk, essa é boa , “lesse alguns bons livros policiais como de Agatha Cristie onde seus personagens primam pela inteligência e não pela truculência.”. Uma merda dessas só poderia ter saída da cabeça de um merda e preguiçoso petista. Pois eu sugiro a você fazer diferente. Lei uns bons livros policiais como o de Agatha Cristie e vá para o Complexo do Alemão, no bairro da Penha-RJ, e tente combater o tráfico e criminalidade com os livros de Agatha Cristie debaixo do braço. kkkkkkkkkkk. É cada imbecil que aparece por aqui ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • APF 2 com medo de represália disse:

      Só alguém que não trabalha no órgão para achar que o fato de omitir o nome de um comentário é sinal de covardia……Aconselho que MARCO RELLUE, que certamente também não é seu nome verdadeiro – procure a quantidade enorme de PADs contra agentes/escrivães/papiloscopistas que foram revertidos na justiça porque se basearam em assédio moral, perseguição, não cumprimento do devido processo legal, no qual, como exemplo mais grave, instaurar um procedimento sem ouvir a parte demandada. Parabéns ao depoimento do colega. Como em todo lugar, temos pessoas de todos os tipos. Mas a soberba e arrogância de alguns superiores deixou a PF doente, desgastada, dividida. Sem objetivos em comum.

    • paul moura disse:

      Parabéns!

  41. Mosca morta disse:

    Parabéns Auler…só se vc reportagem excelentes em seu espaço!!! Essa agora deve ter dado dor de barriga p muita gente…não é crível um desperdício de dinheiro nessa magnitude…governo cortando gastos e outros depeediçando…gostaria de saber como os policiais federais de Ponta Porã e outros rincões do Brasil se sentem vendo um desperdício desses….esse tipo de pessoa e conduta afundará a PF…não vai sobrar muita coisa…INDPENDENTE de que partido ganhar as próximas eleições…ficarão todos enterrados em sua própria estupidez!!!!

    • Marcos Souza disse:

      Realmente, se compararmos essa copa/cozinha da PF com as pocilgas em que esses fracassados blogueiros e jornalistas fazem suas refeições, realmente , essas instalações da PF são nababescas. Acho que nem Zé Dirceu, nem Lula, nem Marisa Letícia, a muda, tiveram a oportunidade de terem em suas residências algo tão luxuoso !

      • João de Paiva disse:

        Afinal, de pocilga você deve entender bastante, já que os dejetos em forma de comentários que anda publicando aqui exalam o odor caraterístico delas.

        • Marcos Souza disse:

          É verdade, é que tenho alguns amigos petistas e para conviver com eles não há como fazê-lo sem meter a mão na merda, afinal as pocilgas são os recantos preferidos dos petistas !

Deixe uma resposta para Airton Costa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *